Os jogadores têm que saber o que é o Palmeiras , diz diretor - Futebol - iG" /
Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Os jogadores têm que saber o que é o Palmeiras, diz diretor

Wlademir Pescarmona chama jovens de alienados e diz que elenco assistirá a vídeos e terá contato com ídolos do passado para conhecer a importância do clube

Francisco De Laurentiis, iG São Paulo |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237859930132&_c_=MiGComponente_C

O treino palmeirense da sexta-feira começou com meia hora de atraso. Isso ocorreu porque os jogadores estava escutando as broncas da diretoria palmeirense pela eliminação na semifinal da Copa Sul-Americana. O diretor de futebol Wlademir Pescarmona afirmou que falta identificação dos atletas com o clube, e disse que o alto escalão palmeirense vai trabalhar para mudar isso.

"O jogador que vem para o Palmeiras que saber o clube que eles esta representado. Todo mundo viu o que aconteceu no Pacaembu, com direito a criança chorando. Ele tem que ir pra casa pensando na camisa que ele esta vestindo", disse o dirigente. "Esperamos que os jogadores que venham daqui pra frente pensem melhor nisso. Vamos mostrar vídeos, apresentar os ídolos do clube, pra mostara a eles a importância da camisa que estão vestindo", completou.

Pescarmona disse que o grande número de jogadores jovens no elenco palmeirense é responsável pela falta de identificação com o time do Palestra Itália: "O Palmeiras tem muitos atletas novos. Eles são alienados, não existe passado pra eles. A gente quer fazer essa parte da motivação, mostrar o clube que eles estão jogando. Queremos mostrar nossa historia, nossa tradição", disse o diretor.

A solução, segundo Wlademir Pescarmona, será apelar para um "choque" com o passado: "A partir do ano que vem, vamos entregar material aos atletas contratados, vamos chamar ex-jogadores para palestras, enfim, faremos uma série de ações para que o jogador saiba que está em um dos maiores clubes do Brasil e do mundo", afirmou. Entre os ídolos, o diretor de futebol citou o ex-meio-campista Ademir da Guia e o ex-atacante César Maluco.

Para 2011, a ordem no Palmeiras é reduzir o elenco e buscar reforços de peso para a conquista de títulos no primeiro semestre. Jogadores que têm seu contrato com o clube terminando no final deste ano não terão seus vínculos renovados. Atletas que retornam de empréstimo serão reavaliados, mas deve ser repassados a clubes que tenham interesse em arcar com os salários. A diretoria de futebol prometeu a contratação de reforços que cheguem para assumir titularidade na equipe.

Leia tudo sobre: mercado da bolapalmeiras

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG