Eles não correram de graça , diz Roberto Carlos sobre atuação do Goiás - Futebol - iG" /
Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Eles não correram de graça, diz Roberto Carlos sobre atuação do Goiás

Corintiano afirmou que, com certeza, houve mala branca para incentivar adversário deste domingo na última rodada do Campeonato Brasileiro

Paulo Passos, iG São Paulo |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237882026348&_c_=MiGComponente_C

O Corinthians empatava o jogo contra o Goiás no Serra Dourada. Surpreso com a atuação do adversário, Roberto Carlos virou para o jogador mais próximo e questionou: Por que vocês estão correndo tanto?. Segundo o lateral, a pergunta não foi respondida.

A revelação foi feita pelo próprio Roberto Carlos nesta segunda-feira. Segundo ele, os jogadores do Goiás receberam incentivo financeiro dos adversários do Corinthians. Com certeza houve mala branca. Era o time reserva, mas eles estavam correndo demais, disse o lateral após receber o prêmio Bola de Prata da revista Placar e dos canais ESPN, em São Paulo.

Futura Press
Roberto Carlos disputa bola com jogador do Goiás. Para lateral, houve mala branca 

Já rebaixado no Campeonato Brasileiro e a três dias de disputar a final da Copa Sul-Americana, o Goiás jogou com time reserva contra o Corinthians. Mesmo assim, a equipe marcou o primeiro gol da partida e conseguiu segurar o empate de 1 a 1 até o final.

Para Roberto Carlos, as rodadas finais do Campeonato Brasileiro ficaram marcadas pela mala branca. Isso existe sim, e muito. Espero que ano que vem não aconteça. Espero que tenhamos um futebol mais limpo, afirmou.

O corintiano, entretanto, admitiu que o time não jogou bem no Serra Dourada. Ficamos sabendo do resultado do Fluminense e isso abateu o time, também. Foi um jogo diferente do que a gente esperava, admitiu.

Com o empate de 1 a 1 diante do Goiás o Corinthians foi ultrapassado pelo Cruzeiro e ficou na terceira colocação do Campeonato Brasileiro. Por isso terá que disputar a pré-Libertadores contra uma Colômbia.

O fato de ter dois jogos a mais não é um problema. O time tem que se acostumar a jogar a Libertadores, concluiu Roberto Carlos.

Leia tudo sobre: campeonato brasileirocorinthiansgoiás

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG