Cruzeiro foi o mais prejudicado entre os primeiros , afirma Thiago Ribeiro - Futebol - iG" /
Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Cruzeiro foi o mais prejudicado entre os primeiros, afirma Thiago Ribeiro

Atacante reclama especialmente do pênalti marcado em cima de Ronaldo no jogo contra o Corinthians e de gol anulado de Wellington Paulista contra o Grêmio

Gazeta Esportiva |

O Campeonato Brasileiro já se encerrou, mas o Cruzeiro ainda lamenta alguns erros de arbitragem que teriam prejudicado a equipe na reta final da competição. Entre os lances polêmicos, o pênalti marcado para o Corinthians no confronto ocorrido no Pacaembu, em um lance entre o atacante Ronaldo e o zagueiro Gil, ainda está vivo na lembrança do atacante Thiago Ribeiro, que aponta outros erros contra a equipe.

"Acho que dos três times brigando pelo titulo (Fluminense, Cruzeiro e Corinthians), sem duvida o mais prejudicado pela arbitragem foi o Cruzeiro, sem dúvida nenhuma. Aquele jogo contra Corinthians, o jogo contra o Grêmio, que teve um gol legitimo do Wellington Paulista. Mas não adianta lamentar agora", admitiu o atleta, que esteve presente na noite da última segunda-feira na entrega do Prêmio Craque Brasileirão, concedido pela CBF (Confederação Brasileira de Futebol) no Rio de Janeiro.

Apesar de não ter conseguido o título na última rodada do Campeonato Brasileiro, o suado triunfo por 2 a 1 sobre o Palmeiras, em Sete Lagoas, fez com que a equipe de Belo Horizonte subisse para a segunda colocação da competição, posição que colocou o clube diretamente na fase de grupos da próxima Copa Libertadores da América.

"Aconteceu o que tinha que acontecer. Não dá para dizer que o titulo do Fluminense foi injusto. Acho que qualquer dos três seria justo, por tudo o que fizeram no campeonato. Pelo menos chegamos em segundo, o que nos dá a classificação direta para a fase de grupos da Libertadores, então a gente tem que comemorar isso", afirmou.

Para o atacante, o sistema de disputa do Campeonato Brasileiro deve seguir o mesmo, pois é o mais justo. "Eu prefiro pontos corridos, porque sempre beneficia o mais regular no torneio", explicou.

Thiago Ribeiro ficou em segundo colocado na disputa por um dos prêmios de melhor atacante no prêmio da CBF. Ele perdeu o troféu para o atacante Jonas, do Grêmio, que foi o artilheiro do Campeonato Brasileiro, com 23 gols.

Leia tudo sobre: campeonato brasileirocruzeiro

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG