Cassano nunca mais vestirá a camisa da Sampdoria , assegura presidente - Futebol - iG" /
Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Cassano nunca mais vestirá a camisa da Sampdoria, assegura presidente

Polêmico atacante não tem boa relação com o mandatário do clube. Ele deve ser demitido em breve

Gazeta Esportiva |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237859533800&_c_=MiGComponente_C

Os desentendimentos entre o atacante Antonio Cassano e o presidente da Sampdoria, Riccardo Garrone, não devem mesmo ser resolvidos. Nesta segunda-feira, o dirigente confirmou que mantém a decisão de demitir o atleta e garantiu: ele jamais vestirá o uniforme do clube de Gênova novamente.

"Uma coisa é certa: Cassano nunca mais vestirá a camisa da Sampdoria de novo. Estou fazendo disso uma questão de consistência, algo que eu nunca deixei de ter na vida", afirmou Garrone, em declaração ao canal italiano "RAI", ainda magoado com os desentendimentos registrados recentemente.

A briga começou quando Cassano, ídolo da Sampdoria, se recusou a acompanhar Garrone em um evento no qual seria premiado. No dia seguinte, os dois discutiram durante um treinamento - o atacante teria ofendido o dirigente. O presidente exigiu retratação imediata, algo que não aconteceu.

Assim, a Sampdoria entrou com ação judicial para rescindir o contrato de Cassano e demiti-lo oficialmente. A pendência deve ser resolvida em 3 de dezembro, quando o atacante poderá assinar com outros clubes. Entre os interessados aparecem Juventus, Inter de Milão, Fiorentina e Palermo, da Itália, e Chelsea e Manchester City, da Inglaterra.

Leia tudo sobre: futebol internacionalitaliano 2010itália

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG