Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Quatro grandes do Rio de Janeiro se unem contra o Clube dos 13

Clubes contestam entidade e adotam posição conjunta na negociação dos direitos de TV do Brasileiro

iG São Paulo |

undefined
Patricia Amorim, presidente do Flamengo, foi uma das que assinaram a nota oficial
O novo contrato dos direitos de transmissão do Campeonato Brasileiro segue gerando polêmica e discórdia no futebol nacional. Nesta quarta-feira, os quatro principais clubes do Rio de Janeiro anunciaram, através de nota oficial conjunta, que não acompanharão o Clube dos 13 na negociação. Um dia antes, o Corinthians já tinha tomado  decisão de se licenciar da entidade, com possibilidade de deixá-la definitivamente.

Botafogo, Flamengo, Fluminense e Vasco adotam posição conjunta e negociarão diretamente com as empresas interessadas em transmitir o Campeonato Brasileiro. Uma entrevista coletiva foi marcada para esclarecer a posição dos clubes, às 11h de quinta-feira.

A decisão dos times cariocas enfraquece bastante o Clube dos 13, que atualmente negocia a venda dos direitos de transmissão do Campeonato Brasileiro. Sem Botafogo, Flamengo, Fluminense e Vasco, a entidade perderia um quarto dos seus associados.

Nesta quarta, a direção do Clube dos 13 se reuniu em São Paulo para analisar as regras de venda dos direitos de transmissão para TV aberta. Globo, Record e RedeTV já manifestaram interesse na compra. O Flamengo, que ocupa uma das vice-presidências da entidade, não compareceu ao encontro. Os demais vice-presidentesdo C13, ligados a Inter, Santos e Atlético-PR, participaram.

Veja abaixo o comunicado oficial assinado pelos quatro presidentes dos times cariocas:

Os presidentes do Botafogo de Futebol e Regatas, do Fluminense Football Club, do Clube de Regatas do Flamengo e do Club de Regatas Vasco da Gama reuniram-se em 22/02/2011 para discutir os aspectos relacionados à concorrência, encaminhada pelo Clube dos 13, com o propósito de aquisição dos direitos de transmissão dos jogos do Campeonato Brasileiro de futebol profissional.

Como resultado, restou decidido que os clubes adotarão posição conjunta, diante da questão em causa, tendo como fundamento principal a defesa intransigente dos interesses do futebol do Rio de Janeiro e, ainda, a satisfação dos interesses maiores do futebol brasileiro em geral.

Foram, em conseqüência, fixadas, pelos quatro clubes, as seguintes preliminares:

- Não reconhecer como adequada a forma pela qual, até aqui, o Clube dos 13 conduziu, perante aos associados, o projeto para o novo contrato de transmissão;

- Os clubes, em conseqüência, manifestam-se desobrigados, diante do Clube dos 13, dispondo-se os mesmos a tratar, diretamente com as empresas interessadas, todos os aspectos comerciais referentes aos direitos de transmissão dos jogos do Campeonato Brasileiro.

Rio de Janeiro, 23 de Fevereiro de 2011

Mauricio Assumpção
Botafogo de Futebol e Regatas
Presidente

Patricia Amorim
Clube de Regatas do Flamengo
Presidente

Peter Siemsen
Fluminense Football Club
Presidente

Carlos Roberto Dinamite de Oliveira
Club de Regatas Vasco da Gama
Presidente

Leia tudo sobre: BotafogoFlamengoFluminenseVascoClube dos 13

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG