Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Puyol valoriza o Santos: "Parece que foi fácil, mas não foi"

Capitão do Barcelona admitiu que time temeu Neymar, mas que conseguiu anular bem o atacante durante os 90 minutos

Gazeta |

O Santos foi superado em todos os quesitos e perdeu por 4 a 0 para o Barcelona na decisão do Mundial de Clubes, mas o zagueiro Puyol, capitão da equipe catalã, garante que o time brasileiro não foi um rival fácil de ser batido.

Leia mais: Barcelona goleia o Santos e fica com o título mundial

"O Barcelona fez uma partida muito boa, por isso a vitória foi justa. Pelo resultado, pode parecer que foi fácil, mas não foi", discursou o defensor, responsável por barrar a maioria das jogadas do apagado Neymar, a quem ele muito elogia.

Veja também: Neymar diz que Barcelona ensinou a jogar futebol

"Neymar é um grandíssimo jogador. Tínhamos um pouco de medo quando ele pegava na bola, mas analisamos bem o jogo dele e conseguimos controlá-lo", analisou Puyol, poucos minutos antes de erguer a taça do Mundial, competição que o Barcelona jura valorizar.

Para o jogador, ter marcado quatro gols na decisão e ainda conseguir anular completamente o talentoso ataque santista prova que os comandados de Josep Guardiola tiveram atuação perfeita, assim como pediu o técnico na entrevista coletiva da véspera do jogo.

"O Barcelona foi muito intenso, fez um ótimo jogo. Controlamos muito bem os jogadores de frente do Santos, acho que foi uma partida completa", emendou Puyol, já pensando na briga pelo título espanhol (o time azul-grená está em segundo, com três pontos a menos que o líder Real Madrid). "Sabemos que estamos trabalhando bem. É seguir assim e melhorar a cada dia".

Leia tudo sobre: santosbarcelonamundial de clubesneymarlionel messi

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG