Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Punição ao São Paulo leva Rivaldo de volta a Mogi Mirim

Com perda de mando de campo, time do Morumbi jogará no estádio do clube que já foi presidido pelo veterano

Levi Guimarães, iG São Paulo |

AE
Presidente do Mogi Mirim, Rivaldo deixou clube no começo do ano para ir defender o São Paulo
Quando assinou com o São Paulo em janeiro, o meia Rivaldo divulgou que o acordo não incluía apenas o fato dele defender o clube do Morumbi, mas também uma série de parcerias com o Mogi Mirim, do qual era presidente na época. Contudo, uma dessas parcerias - o São Paulo disputar uma partida em Mogi - só acontecerá como consequência de uma punição.

Após ser punido por atitudes da torcida no clássico contra o Corinthians na Arena Barueri, o São Paulo terá de jogar a pelo menos 100 quilômetros de distância da capital na última rodada da primeira fase, contra o Oeste, e nas quartas de final do Paulistão. E mesmo afastado do cargo de mandatário da equipe do interior, Rivaldo falou sobre a utilização do estádio Romildo Vitor Gomes Ferreira.

“Eu já não sou o presidente do Mogi Mirim, mas as pessoas que estão tomando conta não vão cobrar nada. Foi o que eu falei para a diretoria do São Paulo, que o campo está à disposição para o São Paulo quando quiser ou precisar lá”, explicou o camisa 10, que ainda espera o início de outras atitudes conjuntas entre as equipes, como intercâmbio de jogadores das categorias de base.

Antes de ser anunciado como reforço do São Paulo, Rivaldo era o principal nome do próprio Mogi para a temporada 2011. Por isso, alguns torcedores da equipe do interior se incomodaram com a mudança de time do jogador. Mesmo assim, ele não imagina que possa ter uma recepção negativa na cidade.

“Não sei como o povo está pensando. Agora estou morando em São Paulo e não sei como estão as coisas. Procuro sempre fazer o melhor para o Mogi. As pessoas que compraram os carnês [para assistir todos os jogos em casa do time] foram poucas, e eu pedi desculpas por ter acontecido isso”, disse.

Embora o São Paulo vá jogar fora de casa, a expectativa é de maioria absoluta de torcida favorável aos comandados de Paulo César Carpegiani. “Quem vai comparecer é a torcida são-paulina, e talvez poucos torcedores de outros grandes clubes. Mas o importante é que a torcida do São Paulo vá para incentivar o time”, disse Rivaldo.

Dependendo dos resultados da rodada, o São Paulo pode terminar a fase de classificação como líder ou segundo colocado e poderá enfrentar na próxima fase Oeste, Mirassol, Ponte Preta, São Caetano, Paulista ou Portuguesa. Assim como o adversário, o local do jogo pelas quartas-de-final ainda não está definido, mas é possível que seja novamente Mogi Mirim.

Leia tudo sobre: são paulocampeonato paulista 2011rivaldo

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG