Caso a transferência se concretize, receita da transferência poderia ser investida na contratação de Carlos Tevez

O Paris Saint-Germain teria feito a primeira proposta oficial ao Milan para contar com o atacante brasileiro, Alexandre Pato . Segundo o jornal italiano La Gazzetta Dello Sport , os franceses oferecerem 28 milhões de euros (cerca de R$ 64,5 milhões) pela revelação do Inter, valor ainda distante das pretensões do clube rossonero , que trabalha para trazer o argentino Carlos Tevez .

Leia também: Milan diz ter acordo com Tevez e aguarda Manchester City

Para liberar seu camisa 7, o atual campeão italiano deseja receber 45 milhões de euros (R$ 103,5 milhões). De acordo com a publicação, porém, o time pode diminuir sua pedida apenas em 5 milhões, obrigando ao clube parisiense desembolsar, pelo menos, 40 milhões de euros (R$ 92 milhões).

E mais: Para ter Balotelli e Tevez, Milan pensa em negociar Pato com o PSG

Embora tenha dito que não há o interesse em liberar Pato , o Milan pode utilizar o dinheiro recebido na transferência para investir na vinda de Carlos Tevez , sonho do time italiano e de saída do Manchester City . O brasileiro, também, aproveitaria-se de seu bom relacionamento com o técnico do PSG, Carlo Ancelotti, com quem já trabalhou na Itália.

E ainda: Técnico do Milan espera que Alexandre Pato permaneça na equipe

Sem Antonio Cassano, que sofreu um AVC (Acidente Vascular Cerebral) em 2011 e passou por uma cirurgia no coração, o Milan tem como principal alvo para esta janela de transferência o argentino, que envolveu-se em problemas com Roberto Macini, técnico do clube inglês, e não atua desde o final de setembro por conta disso.

Entre o ex-corintiano e os italianos, o acerto está próximo; a negociação, porém, segue emperrada com o City , já que o Milan busca um empréstimo até o final da temporada com opção de compra. Enquanto isso, o time de Tevez busca a venda do jogador por cerca de 25 milhões de euros (R$ 57,5 milhões), valor que a rival Inter de Milão projeta oferecer ao atual líder da Premier League .

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.