boca-suja de árbitro e vê Ceará exaltar empate - Futebol - iG" /
Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Prudente acusa boca-suja de árbitro e vê Ceará exaltar empate

Nós entramos em campo para vencer e sair do campeonato de cabeça erguida. Mas encontramos um árbitro que veio para xingar, ele nos xingou de trouxas, acusou o meia Marcelo Oliveira

Gazeta Esportiva |

Mesmo com o rebaixamento decretado no Campeonato Brasileiro, o Grêmio Prudente saiu revoltado do gramado do estádio Eduardo José Farah no empate deste sábado contra o Ceará. O meia Marcelo Oliveira ficou irritado com a postura do árbitro Elmo Alves Resende Cunha, de Goiás.

"Nós entramos em campo para vencer e sair do campeonato de cabeça erguida. Mas encontramos um árbitro que veio para xingar, ele nos xingou de trouxas", acusou o atleta, que foi além. "O pênalti marcado a favor do Ceará foi uma falta de respeito".

De qualquer forma, o Grêmio Prudente está ciente de que teve nos pés de Willian, através de uma penalidade, a chance de marcar 2 a 0 no segundo tempo e definir a fatura. O goleiro Michel Alves brilhou.

Até pelas dificuldades encontradas em campo, o Ceará considerou o empate como um resultado positivo. O clube de Fortaleza segue na zona de classificação à Copa Sul-americana, com três pontos a mais do que o Flamengo.

"Nosso plano era vencer, mas devemos lembrar que o Prudente poderia ter matado o jogo. Valeu o empenho de todo o time, fomos premiados com o empate", comemorou o zagueiro Fabrício.

Os dois clubes voltam a jogar apenas no final de semana que vem, no domingo, dia 28. Na penúltima rodada do Campeonato Brasileiro, o Grêmio Prudente estará na capital carioca para enfrentar o Botafogo, enquanto o Ceará terá pela frente o Atlético-PR, no estádio Castelão.

Leia tudo sobre: campeonato brasileirocearáprudente

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG