Tamanho do texto

Médico do ex-jogador confirma possibilidade, que vai depender de como o fígado, comprometido, se recuperar

Sócrates, em foto de arquivo
AE
Sócrates, em foto de arquivo
Os próximos meses serão determinantes para a recuperação do ex-jogador Sócrates , que já sofreu duas hemorragias digestivas decorrentes de cirrose hepática.

Em entrevista para o programa "Esporte Espetacular", da TV Globo, Ben-Hur Ferraz Neto, médico que acompanha o ex-meia, explicou: "A gente pode ter que vir a pensar, no futuro, em um transplante de fígado. Ele está se recuperando e algumas medidas de acompanhamento e tempo são importantes para que a gente possa definir daqui a alguns meses a necessidade ou não de pensar no transplante."

Veja também: "Minha única dependência é a intelectual", diz Sócrates ao iG

Sócrates está em casa, onde faz fisioterapia diária. São exercícios para o corações, os pulmões e também para os músculos. Além disso, faz visitas regulares aos médicos do hospital Albert Einstein.

Leia mais notícias sobre Sócrates

O ídolo corintiano espera não precisar do transplante. "Espero que meu fígado se regenere, que me dê chance de tomar uma cervejinha sem álcool", brincou, afirmando não ser alcoólatra. "Não preciso do álcool. O álcool era um companheiro. Eu sentava para escrever, tinha um copinho de vinho do lado e eu ficava o dia todo. Mas não é o copo de vinho que me faz escrever, é a cabeça."

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.