Argentino dirigiu River Plate em 2010. Nesta quarta, time paraguaio joga na Vila Belmiro na Libertadores

O Cerro Porteño, do Paraguai, já tem um novo técnico. Após demitir Javier Corrente, o clube acertou com o argentino Leo Astrada, que comandou o River Plate, da Argentina, no ano passado. O Cerro enfrenta, nesta quarta-feira, o Santos , em partida válida pela segunda rodada da Copa Libertadores da América.

De acordo com o presidente Juan José Zapag, o ex-volante do Grêmio no ano 2000 e da seleção albiceleste está apalavrado e desembarcará em Assunção, na sexta-feira, para assinar contrato.

Apesar da concretização do acerto, o time guarani jogará na Vila Belmiro sob o comando do interino Blas Cristaldo. Caso idêntico ao do próprio time santista, o qual demitiu Adílson Batista e será escalado por Marcelo Martelotte.

Apesar do mau início de Nacional - o Cerro ocupa apenas a nona colocação com cinco pontos -, a equipe paraguaia estreou no torneio continental goleando o Colo Colo, do Chile, por 5 a 2. Além do River Plate, Astrada dirigiu o Rosario Central, o Colón de Santa Fé e o Estudiantes de La Plata.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.