5 mil torcedores saíram do Palestra Itália por volta de 14h e seguiram em direção ao estádio do Pacaembu neste sábado

Torcedores do Palmeiras se reuniram em São Paulo neste sábado para mais uma homenagem ao ex-goleiro Marcos. No que foi chamado de procissão por "São Marcos", cerca de 5 mil fãs do ex-jogador deixaram o Palestra Itália por volta de 14h e seguiram em caminhada rumo ao estádio do Pacaembu, palco do amistoso contra o Ajax nesta tarde.

Leia também: Palmeiras abre temporada de incertezas com testes diante do Ajax

A caminhada demorou aproximadamente uma hora e, ao chegar ao estádio, os palmeirenses se ajoelharam em reverência ao ídolo.

Marcos, que anunciou a aposentadoria do futebol no começo do mês , ganhou oração e estava estampado em camisas e cartazes de torcedores. A passeata ainda contou com a presença da musa do time e o cantor Moacyr Franco, que interpretou a música "O amor é verde".

Leia mais: Quebra de protocolos marca coletiva de despedida de Marcos

O evento prejudicou o trânsito na região da sede do Palmeiras e gerou até um "toque de recolher". Um supermercado perto do Palestra Itália fechou as portas para evitar problemas com a aglomeração.

Os palmeirenses ainda aproveitaram para fazer protestos contra o presidente da equipe Arnando Tirone e contra o vice presidente de futebol Roberto Frizzo, além de provocarem o goleiro Rogério Ceni , do São Paulo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.