Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Problema estomacal quase tirou Berna do jogo contra o Resende

Goleiro passou mal durante toda a noite, praticamente não dormiu e mesmo assim foi o melhor em campo

Marcello Pires, iG Rio de Janeiro |

Melhor em campo na vitória de 2 a 1 sobre o Resende, com pelo menos três defesas sensacionais, por pouco Ricardo Berna não desfalcou o Fluminense na estreia da Taça Rio. Com problemas estomacais, o goleiro disse após a partida que passou muito mal durante a noite e praticamente não dormiu.

“Eu sofri bastante fisicamente durante o jogo. Eu tive um problema estomacal à noite que praticamente não me deixou dormir. Passei muito mal, achei até que não fosse ter condições de jogar, mas felizmente amanheci melhor”, explicou o goleiro.

Exausto, Ricardo Berna admitiu que não esperava ser tão exigido como foi em pleno sábado de carnaval. Com mais uma atuação destacada, o goleiro do Fluminense afirmou que vive um grande momento, mas reconheceu que sentiu o desgaste da sequencia de jogos e, principalmente, da viagem para o México.

“Sinceramente eu não esperava trabalhar tanto nessa partida. Nós perdemos um jogador ainda no primeiro tempo e eles voltaram do intervalo com a proposta de nos sufocar o tempo todo. No final, eles tiveram várias chances para empatar, mas além de ter feito uma grande partida, eu contei com a sorte em alguns lances”, disse o goleiro.

Por enquanto, a ordem nas Laranjeiras é deixar a disputa da Libertadores de lado e focar apenas no Campeonato Carioca. No entanto, apesar de ainda faltarem 17 dias para o duelo contra o América, do México, no Engenhão, Ricardo Berna afirma que nada está perdido e aposta numa classificação.

“Esse time já mostrou que é capaz de coisas incríveis. Enquanto nós tivermos esperança, vamos lutar pela classificação. Nosso grupo é muito forte e temos totais condições de vencer os três jogos. Pode ter certeza de que nesse grupo não existe um único profissional que não acredite na classificação”, afirmou o camisa 1 do Fluminense, que reconheceu a má fase e tem certeza de que essa equipe ainda vai dar muitas alegrias ao torcedor tricolor.

“Ficamos alguns jogos sem vencer e não estamos acostumados com isso. Essa vitória nos devolveu a paz e a tranqüilidade para trabalhar. Aos poucos eu tenho certeza de que voltaremos a ser aquela equipe do ano passado”, prevê o goleiro.
 

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG