Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Priorizando a Copa do Brasil, São Paulo enfrenta o Oeste em Mogi

Time de Carpegiani ainda sonha com liderança do Paulistão, mas vai a campo com apenas três titulares

Levi Guimarães, iG São Paulo |

A prioridade é toda para a Copa do Brasil e por isso o São Paulo entra em campo neste domingo contra o Oeste - também já classificado às quartas-de-final do Campeonato Paulista - com apenas três titulares. Mesmo assim, a equipe de Paulo César Carpegiani tem confiança total em vencer e alcançar a liderança da primeira fase do Estadual, que depende ainda de um tropeço do Palmeiras contra a Ponte Preta em Campinas.

A decisão declarada por Carpegiani desde o início da semana de poupar a maioria dos titulares para a partida contra o Goiás na próxima quarta-feira animou muitos dos jogadores que não vinham ganhando tantas oportunidades. Nos últimos dias, o que mais se viu a cada entrevista coletiva no CT da Barra Funda foram reservas prometendo mostrar serviço ao comandante.

AE
Ceni será um dos poucos titulares em campo
Assim, a expectativa é de um time jogando com ritmo máximo. Os únicos titulares de fato que começarão a partida serão o goleiro Rogério Ceni, completando 90 partidas consecutivas pelo time, o zagueiro Rhodolfo e o meia Lucas, que está suspenso na Copa do Brasil pela expulsão diante do Santa Cruz e não poderá enfrentar o Goiás.

Entre aqueles que receberão uma rara chance, alguns se destacam. Um exemplo é o lateral-direito Edson Ramos. Apresentado pelo São Paulo há quase dois meses, o jogador indicado pelo veterano finalmente fará sua estreia pelo clube. O próprio Rivaldo, aliás, é outro que quer aproveitar a oportunidade para recuperar seu espaço na equipe. E jogando “em casa”, já que mesmo sendo mandante o São Paulo atuará em Mogi Mirim.

A partida marca também o centésimo jogo de Carpegiani dirigindo o clube do Morumbi, contando sua primeira passagem, em 1999, e a atual. O desempenho do treinador é muito bom, com 61 vitórias, 12 empates e 26 derrotas nas 99 partidas disputadas até agora: um aproveitamento de 65,6%, o quinto melhor de um treinador pelo clube. Ele sabe, porém, que ainda lhe faltam títulos para entrar de vez na história do São Paulo.

“O que marca a passagem de um técnico são os títulos. Eu tive outra passagem aqui e fui eleito o melhor técnico do campeonato, mas fomos eliminados nas semifinais do Paulista. Também fizemos um grande Nacional, mas não ganhamos. Estou seguro, mas consciente disso e espero conseguir um título. Pretendo permanecer no São Paulo até o final do ano e não importa o número de jogos, 100, 200, 50, tem que ir atrás dos títulos para marcar a história”, afirmou.

O Oeste também entra em campo mais focado em se preparar para a fase eliminatória do que necessariamente jogando tudo em busca de uma vitória contra a equipe da capital. Afinal, a equipe de Itápolis tem 30 pontos e está garantida nas quartas-de-final. Na pior das hipóteses, com uma derrota e uma combinação de resultados, cairia para o sétimo lugar ao término da primeira fase.

Assim, o técnico Luiz Carlos Martins também poupará alguns de seus principais jogadores, como o atacante Anselmo Ramón, além de não contar com o goleiro Fábio e o atacante Fábio Santos, que forçaram o terceiro cartão amarelo na última rodada e cumprem suspensão automática

FICHA TÉCNICA - SÃO PAULO x OESTE

Local: estádio Romildo Vitor Gomes Ferreira, em Mogi Mirim (SP)
Data: 17 de abril de 2011, domingo
Horário: 16h (de Brasília)
Árbitro: Flavio Rodrigues de Souza
Assistentes: Jumar Nunes Santos e Mauricio Helder Luiz Alexandrino

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Xandão, Rodrigo Souto e Rhodolfo; Edson Ramos, Wellington, Cleber Santana, Rivaldo e Junior César; Lucas e Willian José
Técnico: Paulo César Carpegiani

OESTE: Gabriel; Dedê, Caldeira, Paulo Miranda e Fernandinho; Adriano, Dionísio, Marino, Márcio Passos e Roger; Reinaldo
Técnico: Luiz Carlos Martins

Leia tudo sobre: são paulooestecampeonato paulista 2011carpegiani

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG