Tamanho do texto

Troca de empurrões na saída dos times espanhóis para o vestiário marcou o clássico até agora

Com a bola rolando, poucos momentos importantes aconteceram no clássico entre Real Madrid e Barcelona , válido pela semifinal da Liga dos Campeões. Mas lances polêmicos e discussões marcaram o primeiro tempo. Tanto que na saída para o vestiário, assim que o juiz apitou, os jogadores e as comissões técnicas se envolveram em uma confusão. Acompanhe no iG o clássico entre Real e Barça.

O primeiro lance que esquentou o clima em campo foi entre Arbeloa e Pedro. O defensor do Real Madrid recebeu um cartão amarelo pela falta, que gerou reclamações dos dois lados. Logo depois, uma nova falta, dessa vez de Daniel Alves em Di María, novamente aumentou a temperatura do jogo.

Após um bom chute de Cristiano Ronaldo, defendido por Valdés, o juiz apitou o final de jogo, que foi só um sinal para a confusão ficar ainda maior: empurrões foram trocados entre jogadores, membros da comissão técnica e até Pepe Costa, ex-diretor da Nike no Brasil. Depois que a confusão foi acalmada, o goleiro reserva do Barcelona, José Pinto, foi expulso pelo árbitro alemão Wolfgang Stark, que deve ter mais trabalho no segundo tempo. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.