Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Preterido por Muricy, F. Anderson tem presença incerta no Mundial

Revelação santista dá assistência, faz gol em jogo, mas é criticado pelo técnico Muricy Ramalho

Samir Carvalho, iG Santos |

Apesar de mostrar qualidade quando entra em campo para defender o Santos , o meia-atacante Felipe Anderson encara a rejeição do técnico Muricy Ramalho, que não esconde a insatisfação com o jogador. Desta forma, a revelação santista não demonstra empolgação ao falar sobre sua presença entre os jogadores que disputarão o Mundial de Clubes da Fifa, em dezembro, no Japão.

Divulgação
Felipe Anderson encara rejeição do técnico Muricy Ramalho, que demonstra insatisfação com o jogador

“A gente tem que continuar assim, mostrando resultados, procurando fazer isso, o que ele pede, tentando me esforçar ao máximo. Só com o tempo que vamos nos aperfeiçoando. Não sei se vou estar na lista, prefiro nem comentar”, afirmou Felipe Anderson.

Siga o Twitter do iG Santos e receba as notícias do seu time em tempo real

Além de não utilizá-lo com frequência, o treinador não poupou o jovem das críticas nem após a vitória de virada contra o Avaí na última quarta-feira, em Florianópolis, onde Felipe Anderson foi decisivo para a virada. O Santos perdia por 1 a 0 quando o meia entrou no segundo tempo na vaga de Adriano.

Felipe Anderson foi o responsável pelo gol de empate marcador por Borges, e marcou o segundo gol após uma linda jogada individual e uma finalização forte, no ângulo do goleiro do Avaí. Mesmo assim, Muricy criticou a revelação santista.

Coloque seu time em 1º lugar no ranking da Torcida Virtual do iG Esporte

"É um atleta de qualidade. Ele tem muita velocidade, bom chute, só que é muito desligado. O Felipe Anderson veio com muito 'defeito de fábrica', mas temos que corrigir esses problemas aos poucos", disse Muricy, que ainda critica a falta de uma maior presença ofensiva.

"Você pode prometer o que for a ele que o Felipe não entra na área. Esse é um defeito muito grande que ele tem. Hoje (quarta) já melhorou, pois ele entrou na área e fez o gol. Mas você pode ver que normalmente ele nunca entra na área. O técnico na base não deve ter ensinado isso para ele", comentou.

Felipe Anderson aceita criticas: “Se ele fala, tenho que acordar”

Questionado sobre as criticas de Muricy Ramalho, a revelação santista evitou criar polemicas com o treinador. Felipe Anderson prometeu ficar mais ligado durante os jogos para agradar Muricy.

“Às vezes se ele (Muricy) fala, ele sabe avaliar. É pegar isso para poder acordar. Se ele fala é que está acontecendo. Vou começar a fazer o que ele está pedindo. Se ele fala, tenho que acordar”, disse Felipe Anderson, que prometeu entrar mais dentro da área. “Com certeza, ele sempre fala para eu entrar no lado direito, com velocidade”, completou.

 

 

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG