Time paulista precisa da vitória no Canindé, estádio que ainda não perdeu neste ano inteiro

Pressionado pela sequência de quatro jogos sem nem marcar gols, pela queda na classificação do Brasileirão e até mesmo pela invencibilidade que ostenta no Canindé em 2011, o Palmeiras enfrenta, nesta quinta-feira, às 21h, o Bahia . Com a obrigação de vencer, Luiz Felipe Scolari deve promover apenas uma mudança em relação aos titulares que estiveram disponível na última derrota contra o Vasco por 1 a 0.

No ataque, Maikon Leite deve passar a ocupar o lugar de Luan, com Dinei mais centralizado e Kleber jogando saindo da área, assim como na última partida. Marcos Assunção volta de suspensão, colocando Chico no banco de reservas. Marcos, poupado no último jogo, também vai para a partida.

Siga o Twitter do iG Palmeiras e receba as notícias do seu time em tempo real

“O Palmeiras é grande e não pode deixar de ganhar durante tantas partidas. Não só o Palmeiras, mas qualquer time grande que fique tanto tempo sem ganhar, a pressão vai existir. Temos um jogo difícil, o Bahia joga melhor fora do que dentro, os números mostram, mas nós sabemos que ficar tanto tempo sem ganhar vai ser ruim e vamos ter que fazer de tudo para ganhar essa partida. Como estamos jogando em casa, não podemos perder pontos”, afirmou Marcos Assunção.

O jogo também vai ser o primeiro após a declaração de Luiz Felipe Scolari de que o grupo já não estava mais tão unido por causa da novela Kleber. Ele ainda deu a entender que os atletas estavam muito preocupados com o salário dos outros.

“Eu acho que não pode atrapalhar (salário dos companheiros). A gente está aqui para jogar, somos contratados para jogar, isso tem que ser dentro de campo, não interessa valores. O que importa para o time não é o valor”, disse o zagueiro Henrique, que ainda relembrou sua primeira fase para mostrar confiança de que a equipe sairá da má fase.

Coloque seu time em 1º lugar no ranking da Torcida Virtual do iG Esporte

“Em 2008, quando eu cheguei, também foi assim. Perdemos dois e empatamos outro. Então acho que agora acabe com isso, que acabe com isso e consiga fazer um bom jogo para que chegamos com o resultado que a gente já espera”, completou.

Do outro lado, o Bahia quer vencer para subir na tabela e também evitar qualquer aproximação dos times que agora estão na zona de rebaixamento. Renê Simões destacou justamente o poder de sua equipe fora de casa.

"Será um jogo muito difícil, contra o melhor mandante do campeonato, mas nós também já mostramos que podemos surpreender fora de casa", explicou.

FICHA TÉCNICA - PALMEIRAS X BAHIA

Local : Estádio do Canindé, em São Paulo (SP)
Data: 18 de agosto de 2011, quinta-feira
Horário : 21 horas (de Brasília)
Árbitro: Andre Luiz de Freitas Castro (GO)
Assistentes: Fabrício Vilarinho da Silva (GO) e Thiago Gomes Brigido (CE)

PALMEIRAS : Marcos; Cicinho, Henrique, Thiago Heleno e Gerley; Márcio Araújo, Marcos Assunção e Valdivia; Maikon Leite e Kleber; Dinei
Técnico : Luiz Felipe Scolari

BAHIA: Marcelo Lomba; Marcos, Titi, Paulo Miranda e Ávine; Marcone, Fahel, Diones e Carlos Alberto; Jóbson e Júnior
Técnico : René Simões

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.