Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Pressionado, Botafogo estreia na Taça Rio contra o Americano

Time é o único carioca fora da Libertadores e se vê com maiores obrigações no torneio estadual

Gazeta |

 O Botafogo faz a sua estreia na Taça Rio, segundo turno do Campeonato Carioca, nesta quinta-feira, às 19h30 (de Brasília), enfrentando o Americano no Estádio Godofredo Cruz, na cidade de Campos. O clube chega para a disputa desta etapa da competição muito pressionado, pois seus três principais rivais: Flamengo, Fluminense e Vasco, estão evolvidos na disputa da Copa Libertadores e, por isso, o clube se sente na obrigação de ser campeão estadual.

Leia também: Oswaldo treina Botafogo com Fellype Gabriel entre os titulares

AE
Botafogo começa a Taça Rio pressionado por ser único carioca disputando apenas o Estadual


Na disputa da Taça Guanabara, primeiro turno, o Botafogo foi eliminado nas semifinais pelo Fluminense, nos pênaltis, após empate por 1 a 1 no tempo regulamentar. Porém, o time permanece invicto no Estadual e tem excelentes números. Os jogadores, otimistas em relação ao futuro, reconhecem a pressão pela conquista do título da Taça Rio.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

“Nós sabemos que a torcida está cobrando bastante e que deseja a conquista do título da Taça Rio. Existe sim a pressão neste sentido, mas não podemos perder a tranquilidade por conta disso. Nós vamos trabalhar com a mesma força que fizemos na Taça Guanabara, procurando apenas corrigir aquilo que está errado para que possamos chegar mais longe“, disse o volante Marcelo Mattos.

Se o Botafogo se sente pressionado, a estreia não poderia ser em local pior, já que a fama do gramado do Estádio Godofredo Cruz é a pior possível.

AE
Antônio Carlos não teme gramado ruim do estádio do Americano
“Isso não chega a ser novidade. O gramado do Americano é ruim há muitos anos, mas mesmo assim tem muitos times que jogam lá e ganham. Não podemos colocar obstáculos, pois precisamos estrear com triunfo”, disse o zagueiro Antônio Carlos.

Confira ainda: Botafogo decreta luto de três dias por morte de torcedor-símbolo

Menos mal que o desempenho do Americano até o momento tem sido pífio. O time campista somou apenas quatro pontos na Taça Guanabara e está convivendo com o fantasma do rebaixamento. Esse fato também foi minimizado pelos botafoguenses.

“Não estamos preocupados com a campanha do Americano na Taça Guanabara, até porque as coisas mudam de um turno para o outro. Além disso, eles estarão fazendo o possível para largar com vitória na Taça Rio, ainda mais atuando em casa”, disse o lateral direito Lucas.

Para este compromisso, o Botafogo tem vários desfalques. O meia Maicosuel continua se recuperando de um estiramento muscular na coxa direita e não tem previsão de volta. Também no setor de criação o time não terá o jovem Cidinho, com lesão na coxa esquerda, e Elkeson, com dores na panturrilha esquerda.

Gazeta Press
Capitão, Loco Abreu não enfrentará o Americano
O atacante uruguaio Loco Abreu, servindo a seleção de seu país em amistosos internacionais, também fica de fora. Assim, Fellype Gabriel, que estava no futebol japonês e foi contratado com o aval do técnico Oswaldo de Oliveira, vai enfim estrear, formando dupla de apoiadores com Andrezinho.

O volante Renato, recuperado de dores no glúteo, foi liberado para jogar. O esquema tático foi alterado para o 3-5-2, com Herrera ganhando a companhia de Willian, revelado nas categorias de base.

Pelo lado do Americano, ciente de que sua equipe precisa melhorar bastante para evitar o rebaixamento, o técnico Luis Antônio Zaluar adota uma postura otimista em relação ao futuro.

“Nós não podemos fugir da realidade e sabemos que precisamos ter um grande desempenho na Taça Rio. Mas todos aqui estão muito focados na tentativa de tirar o time desta situação. Dependemos apenas de nós e por isso mesmo estamos acreditando e trabalhando muito. A torcida quer saber de resultados e vamos buscá-los com muito empenho”, afirmou Zaluar.

O Americano poderá contar neste jogo com o experiente meia Pachola, que estava suspenso pelo Tribunal de Justiça Desportiva (TJD-RJ) por conta de sua expulsão contra o Volta Redonda. O departamento jurídico do clube campista conseguiu efeito suspensivo para poder escalar o jogador, que fará dupla na armação de jogadas com Marconi.

No ataque, Tardelly e Hugo foram os escolhidos para que a equipe ganhe um pouco mais de velocidade e movimentação no setor. Contratado no fim da Taça Guanabara, o centroavante Adão ficará como opção no banco.

FICHA TÉCNICA
AMERICANO X BOTAFOGO

Local: Estádio Godofredo Cruz, em Campos (RJ)
Data: 1 de março de 2012 (Quinta-feira)
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Wagner Magalhães (RJ)
Assistentes: Silbert Sisquim (RJ) e João Luiz de Albuquerque (RJ)

AMERICANO: Erivélton; Alex, Adalberto, Ricardo Braz e Marcos Felipe; Rhayne, Caetano, Marconi e Pachola; Tardelly e Hugo.
Técnico: Luis Antônio Zaluar

BOTAFOGO: Jéfferson, Lucas, Antônio Carlos, Fábio Ferreira e Márcio Azevedo; Marcelo Mattos, Renato, Andrezinho e Fellype Gabriel; Herrera e Willian.
Técnico: Oswaldo de Oliveira

Leia tudo sobre: campeonato carioca 2012botafogoamericano

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG