Técnico pede calma e reclama de excesso de "fantasmas". "Não cheguei de paraquedas"

O técnico do Corinthians , Tite, reclamou nesta terça-feira dos fantasmas levantados após a má sequência de resultados da equipe no Campeonato Brasileiro . São nove pontos nos últimos 24 disputados que trazem a lembrança do período do torneio de 2010 em que a equipe ficou sete jogos em vencer sob o comando de Adilson Batista e do interino Fábio Carille. Contra o Palmeiras , domingo, no encerramento do primeiro turno, o Corinthians pode perder a liderança pela primeira em 12 rodadas se perder.

Tite pediu respeito e disse que sabe o que faz
Futura Press
Tite pediu respeito e disse que sabe o que faz

Siga a página do iG Corinthians no Twitter

"No Corinthians ficam vendo como fantasma quando eu não estava. Ah ah! Calma! É preciso ter calma para trabalhar e ter discernimento. Todos mais experientes, inclusive o Ronaldo falava. 'Estamos sem confiança'. O fantasma do ano passado fui que vim aqui pra apagar o incêndio. Sei bem. Assim como quando tirei o time da zona de rebaixamento e quase levei para a Libertadores (em 2004). Eu sei o que estou fazendo e não estou falando para vocês (jornalistas). Falo para o torcedor. Confie em mim", disse Tite, em momento de exaltação durante coletiva de imprensa.

Entre para a torcida virtual do Corinthians

O Corinthians vem de três derrotas, três empates e duas vitórias nos últimos oito jogos. Nem por isso deixou de ser líder. Até por isso, Tite pede calma. Segurando o escudo do uniforme e tocando o banner eletrônico da sala de coletiva, o técnico disse que o Corinthians é maior do que a pressão que sente ele e os jogadores.

"Não estou chegando aqui de paraquedas. Peguei (o time) no ano passado e quando cheguei aqui eram sete jogos sem ganhar (em sequência), sendo cinco derrotas. Eu sei o que estou fazendo, sei do trabalho e do potencial da equipe. O campeonato é difícil, equlibrado, e se tu der uma olhada nas outras equipes todas tiveram momento de queda. O jogador tem de correr pelo clube e por ele antes (do treinador). Isso é dignidade, isso é correto", disse Tite. que em 2010, na reta final do campeonato, comandou o time por oito jogos: cinco vitórias e três empates.

Para vencer o Palmeiras, Tite usará a semana de treinos para testar alternativas , entre elas, sacar Danilo ou Alex, meias com quem o time caiu de produção nos últimos cinco jogos. "Ainda não defini, mas é preciso olhar todos os números, todas as voltas, colocar na balança e testar no campo", disse o técnico.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.