Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Presidente viaja para fechar venda do Getafe a grupo de Dubai

Royal Emirates Group deve pagar R$ 141,5 milhões para tornar-se proprietário do clube espanhol

AE |

 O presidente do Getafe-ESP viajou nesta quarta-feira para Dubai (Emirados Árabes Unidos), aumentando as especulações de que o clube será vendido para um grupo empresarial. O conglomerado Royal Emirates Group marcou para a quinta-feira o anuncio da aquisição de um clube espanhol.

Torres confirmou que iria viajar à cidade do Golfo Pérsico, mas negou que tenha vendido o clube. O dirigente disse ao diário esportivo "Marca" que foi convidado pelo grupo empresarial de Dubai "com a ideia de ter encontros para buscar patrocinadores que melhorem a imagem do Getafe e para um novo nome para o estádio".

Kaiser Rafiq, sócio e diretor de gestão do conglomerado empresarial, disse que o negócio é de US$ 90 milhões (R$ 141,5 milhões) e que o clube adquirido terminou o último Campeonato Espanhol entre as seis primeiras posições - o Getafe ficou exatamente em sexto lugar. O grupo é presidido pelo xeque Suhail Butti Bin Al Maktoum, membro da família real de Dubai.

Leia tudo sobre: Futebol MundialEspanhaGetafeRoyal Emirates Group

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG