Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Presidente recebe seleção, e uruguaios fazem festa em Montevidéu

José Mujica e sua mulher, a senadora Lucía Topolansky, deram os parabéns pessoalmente aos jogadores uruguaios pelo título da Copa América

EFE |

O presidente do Uruguai, José Mujica, recebeu neste domingo na Base Aérea Número 1 de Montevidéu a seleção nacional de futebol para felicitá-la pessoalmente pela conquista da Copa América em Buenos Aires, no começo de uma longa noite de festa na capital uruguaia.

Por volta das 23h, os jogadores, técnicos e diretores da Associação Uruguaia de Futebol aterrissaram no aeroporto militar e subiram em um ônibus até o terminal, onde lhes esperavam Mujica e sua esposa, a senadora Lucía Topolansky. Abraços, beijos e comentários carinhosos se repetiram entre o presidente e os jogadores, que começaram a cantar logo após descer do veículo.

null

Entrevistado pela televisão uruguaia, o atacante do Liverpool Luis Suárez, eleito o melhor jogador da competição, disse que os torcedores merecem por todo o sofrimento que esteve vivendo o país nos últimos anos, quando a equipe não conseguia títulos.

Forlán, autor de dois dos três gols da vitória do Uruguai sobre o Paraguai, lembrou que ele é o terceiro em sua família a erguer essa taça, depois de seu pai, Pablo Forlán, e de seu avô materno, Juan Carlos Corazo.

Um dos poucos que preferiu não fazer declarações foi o técnico, Oscar Washington Tabárez, considerado um dos artífices do sucesso do Uruguai, que tinha ficado em quarto lugar na Copa do Mundo da África do Sul.

Após o breve contato com a imprensa, a seleção subiu de novo ao ônibus em direção ao Estádio Centenário. No trajeto pelas ruas de Montevidéu, a caravana com o ônibus da seleção foi aclamada por milhares de cidadãos que se postaram em ambos os lados da calçada.

No estádio, uma multidão recebeu os campeões. Os jogadores exibiram o troféu da Copa América, usaram perucas e comemoram no centro do gramado. As arquibandacas do Estádio Centenário estavam lotadas por 70.000 pessoas.

A vitória sobre o Paraguai, que coloca o Uruguai como o país com maior número de vitórias na Copa América (15, frente às 14 da Argentina), suscitou a loucura na tradicionalmente tranquila capital uruguaia, onde vivem pouco mais de um milhão de pessoas.

Veja fotos da festa no Estádio Centenário

Leia tudo sobre: uruguaicopa américa 2011argentinafutebol mundial

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG