Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Presidente do Uruguai desiste de ir à final da Copa América

José Mujica alegou razões "diplomáticas" para se ausentar da partida, já que a seleção uruguaia eliminou a anfitriã Argentina

Ansa |

O presidente do Uruguai, José Mujica, desistiu de assistir à atuação da seleção uruguaia contra o Paraguai na final da Copa América , que acontecerá em Buenos Aires, no domingo. Ele alegou razões "diplomáticas" para não ir ao estádio.

"Tenho que ser diplomático porque tenho que discutir questões muito importantes [com a presidente da Argentina , Cristina Kirchner] e tivemos a má sorte de desclassificar a Argentina", revelou à imprensa local.

O mandatário disse não querer provocar o país vizinho. "Nós vamos dar continuidade à política atual de boa vizinhança que é a que nos dá mais resultados", concluiu.

Conhecido por apoiar o futebol uruguaio, Mujica jantou com a seleção de seu país antes de a equipe embarcar para Buenos Aires para disputar o campeonato.

O ministro uruguaio do Turismo e do Esporte, Héctor Lescano, tinha anunciado no início da semana que o presidente poderia assistir à final do campeonato e pretendia convidar Cristina para o evento. A ideia era aproveitar a oportunidade para promover a parceria entre os países, que desejam sediar conjuntamente a Copa do Mundo de 2030.

O presidente da Federação Internacional de Futebol (Fifa), Joseph Blatter, estará presente no jogo que definirá o título do torneio.

O Uruguai desclassificou a Argentina , time da casa, nas quartas de final, ao vencer nos pênaltis por 5 a 4.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG