Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Presidente do Sport reprova arbitragem da decisão contra o América-MG

Silvio Guimarães considerou ruim a opção por Djalma Beltrani para apitar o duelo contra o time mineiro

Gazeta Esportiva |

O árbitro carioca Djalma Beltrani será responsável pelo apito na partida do próximo sábado, às 17h (Brasília), entre América-MG e Sport, válida pela 37ª rodada da Série B, e o presidente do time pernambucano, Silvio Guimarães, não gostou nada da escolha da Comissão de Arbitragem. O time pernambucano está a três pontos do mineiro, e precisa da vitória para continuar alimentando as esperanças de chegar à segunda divisão.

"Eu, particularmente, achei uma escolha ruim. É um árbitro com muitos altos e baixos. Vários jogos que ele trabalhou acabaram em confusão por conta de seus erros. Beltrami não tem equilíbrio para apitar partidas importantes e, por isso, acaba se complicando. É um árbitro que não faz parte da elite da arbitragem brasileira", criticou à Folha de Pernambuco.

Beltrami foi o apitador da famosa "Batalha dos Aflitos", entre Grêmio e Náutico, em 2005. Na última rodada do quadrangular final da Série B, o tricolor precisava de um empate para garantir o acesso. O árbitro expulsou quatro gremistas e marcou dois pênaltis a favor do Timbu. No fim, entretanto, um gol de Anderson deu a vitória aos gaúchos.

Além das confusões na carreira de Beltrami, Guimarães destaca a pressão a favor de Minas Gerais, causada pelo pênalti marcado por Sandro Meira Ricci contra o Cruzeiro no duelo com o Corinthians, no último sábado.

"Existe uma pressão muito grande partindo de Minas Gerais e isso pode ter refletido na escolha da Comissão de Arbitragem. Não quero que o Sport seja beneficiado, mas também não quero prejuízo. Então, vou torcer para que ele tenha uma boa atuação", ponderou.

Leia tudo sobre: américa-mgsportsérie b

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG