Time está sob ameaça de rebaixamento na Série B, mas técnico deve ficar no cargo com qualquer resultado

Se o São Caetano não vem bem na Série B e vive a ameaça de ser rebaixado, o técnico Vadão, que comanda a equipe, não pode dizer que sente a mesma coisa. Na tarde desta quinta-feira, o presidente Nairo Ferreira afirmou que ele está garantido no cargo até o Campeonato Paulista 2012, seja qual for o desempenho da equipe nesta temporada.

A esperança do mandatário é que a equipe faça um segundo turno bem melhor do que o primeiro. "No começo do campeonato a nossa equipe estava sem padrão de jogo. Aos poucos o Vadão conseguiu dar uma cara nova ao time. A diretoria confia plenamente no trabalho dele e ele vai permanecer no clube, seja qual for o resultado na Série B, no mínimo até o Paulistão do ano que vem, quando termina seu contrato".

Com 24 pontos conquistados até o momento, o time ocupa a 16ª posição da Segunda Divisão, uma acima da zona de rebaixamento. Desde que Vadão assumiu a equipe, poderia ter acumulado 33 pontos, mas conseguiu apenas 14, obtendo um aproveitamento de 42,4%.

A esperança do presidente é o pensamento do treinador, que confirma o apoio dos cartolas do Azulão e crê na força do grupo do São Caetano. "Confio muito na força deste grupo, tenho total apoio da diretoria e sei que vamos reagir no segundo turno. A Série B é um campeonato difícil, mas temos um elenco qualificado que vai evoluir na competição".

O próximo duelo da equipe do ABC paulista, que não perde há três rodadas, acontece no próximo sábado, às 16h20, diante do Boa Esporte, no Estádio Dilzon Melo, o Melão, em Minas Gerais.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.