Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Presidente do Santos recusa Alex Silva e Juan e vê Léo na reserva

Atletas pedem demais e são descartados por Luis Alvaro de Oliveira Ribeiro, que agora busca um titular para lateral-esquerda

Gazeta |

Luis Alvaro de Oliveira Ribeiro estava disposto a dar dois ex-jogadores da seleção brasileira como reforços para Muricy Ramalho. Mas Alex Silva e Juan pediram demais e, por isso, foram descartados pelo presidente do Santos, que agora coloca como prioridade a busca por um titular na lateral esquerda - o veterano Léo é visto pelo dirigente como reserva em sua última temporada como profissional.

Leia também: Santos é surpreendido pelo XV de Piracicaba e só empata no Paulistão

As exigências que mais irritaram foram as de Juan. O São Paulo já havia aceitado ceder seu lateral esquerdo de graça por empréstimo de um ano e com opção de aquisição em definitivo em dezembro. O problema foi o custo que o clube teria com o lateral esquerdo - o mandatário já havia reclamado do empresário do atleta, Eduardo Uram.

"O Juan não vem mais, está afastado dos nossos planos. Agradeci ao Adalberto [Baptista, diretoria de futebol do Tricolor] e ao São Paulo, mas as pretensões salariais do atleta foram excessivas e descartamos o negócio. Seria o empréstimo por um ano, sem ônus para o Santos. Era um jogador interessante, acertamos tudo com o São Paulo, mas ele não quis se adequar à nossa realidade", anunciou Luis Alvaro.

Veja ainda: Corinthians sofre para vencer Mirassol na estreia do Paulistão

Na tarde deste sábado, Eduardo Uram disse que ainda negociaria para levar Juan à Vila Belmiro na próxima semana, mas o presidente do Alvinegro não aceita mais conversar. E avisou Juan que, no São Paulo, ele será reserva do recém-contratado Bruno Cortês, enquanto deixaria Léo no banco no Santos.

"Iríamos apostar em um jogador com o mesmo salário que ganhava no São Paulo, que não é pouco para um lateral esquerdo. Não vamos fazer loucuras. Ele viria para ser titular, mas preferiu ficar no ostracismo do Cortês", previu, tentando valorizar quem está no clube. "Esse garoto Emerson Palmieri foi bem e o Léo ainda ajuda."

E mais: Portuguesa leva gol de Dener e perde após cinco meses

Em relação a Alex Silva, Luis Alvaro revelou que o interesse surgiu em uma conversa informal com Patrícia Amorim, presidente do Flamengo. A dirigente da equipe carioca avisou que o zagueiro não ficará no clube e deu uma ideia salarial a pedido do mandatário do Santos. Os problemas surgiram na negociação direta com o jogador.

"O jogador não será utilizado no Flamengo, mas, quando fomos conversar com o empresário, não se encaixou. Conversei com o Muricy e decidimos partir para outra. Foi um pedido muito maior que o nosso teto, ele não jogará pelo Santos. O Alex, do Chelsea, é um sonho ainda distante, mas real", completou ao falar de reforços na posição.

Leia tudo sobre: santosalexsilvajuancampeonato paulista 2012

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG