Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Presidente do Santos promete reforço de seleção até o Natal

Empolgado com a chegada de Elano, Luís Álvaro garante mais um presente de Natal para a torcida santista

Samir Carvalho, iG São Paulo |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237882359687&_c_=MiGComponente_C

Após apresentar Falcão para a equipe de futsal e Elano para o time principal do Santos, que disputará a Copa Libertadores da América na próxima temporada, o presidente do clube, Luís Álvaro de Oliveira Ribeiro está empolgado com os novos reforços, e prometeu aos torcedores santistas a contratação de um jogador de seleção até o próximo dia 25, dia do Natal.

Não (se acabaram os reforços até o Natal). Espero que tenha mais coisas. Quem sabe ainda não acabou. Vai ser um jogador de seleção para jogar no melhor time do futebol brasileiro, que é o Santos, afirmou Luís Álvaro.

Getty Images
Um dos sonhos da diretoria santista para 2011 é o volante Lucas, do Liverpool

A diretoria do Santos está no mercado tentando a contratação de jogadores de expressão no futebol brasileiro e mundial. O clube fez uma proposta oficial para contratar o volante Lucas, do Liverpool, da Inglaterra, e titular da seleção brasileira de Mano Menezes.

Além de Lucas, os dirigentes santistas não desistiram da contratação do atacante Ricardo Oliveira, que pertence ao Al-Jazira, dos Emirados Árabes, mas está emprestado ao São Paulo até o próximo dia 31. Outro jogador da equipe paulista que interessa é o zagueiro Miranda, que está próximo de encerrar seu contrato com o São Paulo.

Do ponto de vista ético, jogador sob contrato temos que falar com o clube. Ele termina contrato no fim do ano, e com isso eventualmente poderia assinar com outro clube. O Santos respeita os adversários, não queremos atravessar o samba de ninguém, disse o mandatário.

Portas abertas a ídolos
O presidente Luís Álvaro não descartou os retornos de dois ídolos do Santos nos últimos anos: Zé Roberto e Robinho. O primeiro, hoje com 36 anos, já manisfestou interesse de encerrar a carreira no futebol brasileiro. Já o atacante, que recentemente foi contratado pelo italiano Milan, não passa de um sonho santista.

"O Zé Roberto esteve no Brasil há alguns meses e eu disse a ele que o Santos é sua casa", disse o dirigente. "Robinho não me ligou, mas, se ligar, será bem atendido".

Leia tudo sobre: campeonato brasileirofutebolsantos

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG