Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Presidente do Inter pensa em livro sobre problemas de Falcão

Cuca é o mais cotado para assumir o time. Anúncio oficial só deve ser feito no fim da próxima semana

Gabriel Cardoso, iG Porto Alegre |

Nem mesmo a vitória sobre o Avaí amenizou totalmente o ambiente no Inter. Seguem surgindo informações sobre como o ambiente estava pesado no clube durante a permanência de Paulo Roberto Falcão.

Entre para a Torcida Virtual do Inter e convide seus amigos

Grêmio tem a maior torcida do Twitter. Amplie a do Inter

O presidente Giovanni Luigi foi vaiado antes do jogo desta quinta-feira por ter demitido o ídolo. Rebateu de forma forte:

“Talvez, lá na frente, quando eu estiver velhinho, eu possa escrever um livro e contar os motivos que me fizeram tomar essa decisão”, disse.

Quando perguntado sobre quais seriam os capítulos do livro, ele preferiu despeistar.

“Até falei demais, mas não vou mais entrar em detalhes. Estou contente com a vitória, quero olhar para frente”, explicou.

null

O que se sabe é que o presidente não tinha boa relação com Falcão. O treinador, em sua saída, disse que Luigi não queria a sua contratação. Outros membros da direção também confirmam que a mudança era necessária.

“Foi uma atitude que precisou ser tomada. Não chegou a ser algo grave, mas não vamos expor o vestiário. Algumas atitudes são necessárias para melhorar o trabalho”, disse Cuca Lima, assessor de futebol.

O técnico Cuca, ex-Cruzeiro, é o nome mais cotado para assumir. O Inter aguardará a volta da Alemanha para fazer o anúncio. O clube embarca para Munique no domingo; e na terça-feira enfrenta o Barcelona, pela semifinal da Copa Audi. 

Veja as fotos de Avaí 1 x 3 Inter:

Leia tudo sobre: InternacionalGiovanni LuigiCucaFalcão

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG