Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Presidente do Grêmio define Leandro: "É nossa maior contratação"

Ao vibrar com prorrogação de contrato do atacante, Paulo Odone admitiu dificuldade em reforçar elenco

Hector Werlang, iG Porto Alegre |

Leandro completou 18 anos na última quinta-feira, porém, o presente chegou com atraso de cinco dias. Tanto para ele quanto para a torcida do Grêmio. No final da tarde desta terça-feira, o atacante acertou a prorrogação de contrato por mais cinco anos. Foi definido como uma "grande contratação" pelo presidente Paulo Odone.

"Estou começando a achar que não é apenas a maior contratação do Grêmio, mas a do Brasil. É a maior que poderemos fazer. Não é o Messi, mas é o Leandro. Ele tem um futuro radiante: é bom atleta e nos indica ter uma boa cabeça", discursou o dirigente, que ficou surpreso com a presença de cerca de 20 jornalistas embora tenha convocado a entrevista coletiva.

A frase indica dificuldade em buscar novos reforços embora o presidente tenha reiterado a intenção de qualificar o grupo. O Grêmio planeja, ao menos, quatro jogadores.

Os valores do acordo com Leandro, intermediado pelo empresário Gilmar Veloz, não foram revelados. Porém, é certo que o salário e a multa rescisória foram reajustados. No primeiro vínculo, após ser contratado em maio de 2010, o jovem ganhava R$ 800.

Leandro ficou satisfeito:

"Estou feliz. Agora é pensar em fazer um bom papel no Brasileirão".

Em 14 jogos na temporada, o atacante marcou sete gols. É titular de Renato Gaúcho.

Leia tudo sobre: grêmioleandro

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG