Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Presidente do Flu considera ameaças de torcedor um ato isolado

Peter Siemsen lamenta episódio e afirma que os sócios do clube são a favor do trabalho dos jornalistas

Marcello Pires, iG Rio de Janeiro |

Se os jogadores do Fluminense aplaudiram a ameaça de um conselheiro contra os jornalistas no treino de quinta-feira, o presidente Peter Siemsen lamentou o episódio ocorrido, que se repetiu na atividade desta sexta-feira e mesmo contra a vontade da assessoria de imprensa do clube fez um breve pronunciamento sobre as agressões verbais feitas por torcedores à imprensa.

“A maioria dos sócios do Fluminense são a favor do trabalho da imprensa nas Laranjeiras. Se um veículo conseguiu um furo de reportagem, mérito da empresa e o clube tem que entender. Gostaria que vocês considerassem isso um fato isolado e o esforço da diretoria para modernizar as condições de trabalho da imprensa no clube. Se alguém ficou chateado, a manifestação deve ser feita com respeito e educação. Ainda vamos analisar o que poderá ser feito para a melhoria das condições de trabalho, mas não acho que seja necessário mudar o local que hoje é reservado à imprensa”, afirmou Peter Siemsen, que pediu sugestões por escrito aos jornalistas.

Leia também: Mesmo sem dores na panturrilha, Deco não enfrenta o Atlético-MG

Sobre os aplausos e as gargalhadas dos jogadores do Fluminense durante o discurso inflamado do conselheiro, o mandatário tricolor contemporizou e foi econômico nas palavras.

“Eles viram uma situação e acharam que podia ser um questionamento sobre a matéria do jornal. Eles não têm nada contra a imprensa. Não acredito que eles, assim como o Abel Braga, apóiem este tipo de atitude.

O Flu já é 5º do Brasileirão. Veja a classificação atualizada

O lateral-direito Mariano saiu em defesa dos jogadores do Fluminense, mas preferiu não se posicionar sobre o comportamento dos colegas, uma vez que ele afirma que não aplaudiu o ato isolado do torcedor no treino de quinta-feira.

“Eu acredito que isso tenha acontecido pelo fato de a matéria ter sido divulgada com fotos após o Abel ter fechado o treino. Não sei o que passou na cabeça dos jogadores e nem sei dizer se foi correto ou não, mas eu não aplaudi”, disse o camisa 2.

Entre na torcida virtual do Flu e opine sobre a confusão nas Laranjeiras


 

 

Leia tudo sobre: Brasileirão 2011Fluminense

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG