Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Presidente do Fla desconversa sobre possível retorno de Adriano

"Se ele falou algo sobre voltar em junho, não ouvi. O que me preocupa é a final de domingo", disse Amorim

AE |

selo

Com o Flamengo às vésperas da decisão da Taça Guanabara, contra o Boavista, a presidente do Flamengo, Patrícia Amorim, foi evasiva, nesta quinta-feira, quando perguntada sobre um possível retorno do atacante Adriano, da Roma, ao final da temporada europeia.

"Se ele falou algo sobre voltar em junho, eu não ouvi. Estou preocupada com a decisão de domingo, este é o nosso assunto. O mês de junho ainda está muito longe para a gente discutir a volta de Adriano", disse Patrícia, que minimizou também a briga pela Taça das Bolinhas. "Isso não me preocupa neste momento. Temos uma importante decisão domingo e estou com a cabeça na partida contra o Boavista. Mas acho que se fez justiça ao reconhecer o Flamengo campeão brasileiro de 1987".

No futebol carioca, não há essa polêmica de títulos: o Flamengo é o maior vencedor da história da Taça Guanabara. São 18 conquistas. No domingo, o rubro-negro buscará mais uma taça para a galeria, contra o Boavista, e esta pode ter um gostinho ainda mais especial. Se vier a ser o campeão, o time da Gávea conquistará a competição de forma invicta pela sétima vez. Um objetivo que está na mente dos jogadores.

"Eu não sei quantas vezes o Flamengo ganhou todas essas edições invicto. Para nós seria importante terminar a competição assim. Para os que estão chegando e para os que já conseguiram, seria uma conquista especial", disse o meia Renato, que estava presente na decisão de 2007, quando o Flamengo derrotou o Madureira, à época comandado por Alfredo Sampaio, atual técnico do Boavista.

"É um time de menor expressão e vocês (jornalistas) analisam que seja da mesma forma, mas para nós é diferente. O Boavista chegou com méritos à final. O Boavista tem um treinador muito capaz", elogiou Renato.

O goleiro Felipe foi poupado do treino desta quinta, com dores na mão. Caso não possa atuar, seu substituto seria o jovem Paulo Victor. Titular no ano passado, Marcelo Lomba treina em separado e espera ser negociado.

Outro que ganhou oportunidade foi o atacante Negueba, que treinou entre os titulares nesta quinta. A equipe teve: Paulo Vitor; Léo Moura, David, Welinton e Renato; Maldonado, Willians, Bottinelli, Thiago Neves e Ronaldinho Gaúcho; Negueba.

Leia tudo sobre: flamengoadrianoromaitáliacampeonato carioca 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG