Tamanho do texto

Isaías Tinoco está reintegrado ao clube depois de se desculpar com Patrícia Amorim e Luiz Augusto Veloso

Pelo menos por enquanto, a crise nos bastidores do Flamengo foi encerrada. Em nota oficial divulgada nesta segunda-feira, a presidente Patrícia Amorim informou que o supervisor Isaías Tinoco já está reintegrado ao departamento de futebol e será punido pelo ato de indisciplina.

Veja como está a classificação do Campeonato Brasileiro

Isaías chegou a pedir demissão do cargo depois de uma discussão com o diretor de futebol Luiz Augusto Veloso na sexta-feira. No mesmo dia, ele não compareceu ao treinamento, assim como aconteceu no sábado.

Depois da discussão, Isaías ficou incomunicável e voltou a ligar seus telefones apenas nesta segunda-feira. Ele conversou com o técnico Vanderlei Luxemburgo, talvez o principal articulador da paz.

Isaías já havia demonstrado ao iG a sua vontade de reconciliação com Veloso, com quem tem uma relação de amizade de longa data. O supervisor deve estar presente no Ninho do Urubu nesta terça-feira, quando o time volta a treinar depois da vitória por 2 a 1 sobre o São Paulo .

Veja íntegra da nota oficial:

Em reunião realizada na sede da Gávea nesta segunda-feira, o supervisor de futebol Isaías Tinoco pediu desculpas à presidente Patricia Amorim por sua conduta inadequada no último final de semana, quando faltou aos treinamentos de sexta-feira e sábado e não acompanhou a delegação à capital paulista.

Durante a conversa, a dirigente ponderou a possível reconciliação do supervisor com o departamento de futebol visto a relação de confiança e os serviços prestados ao clube ao longo dos últimos anos.

Em seguida, a presidente encaminhou Isaías ao departamento de futebol, onde o mesmo desculpou-se com a comissão técnica através do diretor-executivo Luiz Augusto Veloso. O supervisor permanece no cargo, mas será punido pelo ato de indisciplina.

Entre para a Torcida Virtual e comente a crise

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.