"Se ele não acertar com o Milan até o dia 31, vem para cá", afirmou Sanchez, que descartou Fábio Simplício

Andrés Sanchez informa que as conversas com Clarence Seedorf estão muito mais avançadas do que apenas uma proposta que agradou ao holandês. O presidente do Corinthians afirma que o meia de 35 anos já tem um acordo assinado com o clube e que o anúncio depende apenas das conversas dele para renovar com o Milan .

"Ele tem um pré-contrato com o Corinthians. Se não acertar com o Milan até o dia 31, vem para o Corinthians. Se tiver proposta igual ou melhor, fica no Milan", disse Sanchez à rádio Bandeirantes na noite desta terça-feira, na esperança de anunciar o famoso reforço na próxima semana.

É a manifestação mais animadora de alguém da cúpula corintiana em relação à chegada do veterano armador. Até agora, os responsáveis por gerir o futebol do Corinthians alegavam apenas que o astro gostou do que ouviu do clube brasileiro e teria calma para pensar na decisão que tomaria.

O Milan também está aguardando uma resposta de Seedorf sobre a proposta de renovação oferecida pelo clube italiano. O jogador, porém, está ciente do interesse corintiano mesmo antes do final da temporada europeia. O holandês foi procurado pelo ex-atacante Ronaldo e gostou da ideia de morar no Brasil, já que é casado com uma carioca, tem residência no Rio de Janeiro e fala português fluentemente.

Em relação a outros reforços, Andrés despistou ao falar sobre o interesse do clube em querer contratar o goleiro do Renan , do Avaí. "A gente já vai ter que brigar com o Inter de novo?", perguntou, lembrando que venceu a disputa com o colorado nos bastidores para tirar o meia Alex do Spartak Moscou, da Rússia.

Em relação ao Inter, o presidente também descartou uma troca de Jorge Henrique por Andrezinho , apesar de Falcão, técnico do clube gaúcho, admitir o interesse pelo atacante e dizer que Corinthians e Botafogo querem contratar o seu meia. "Não falei de troca nenhuma. Foi uma conversa que tive com o presidente do Inter no Clube dos 13, mas falei que não queria liberar o Jorge Henrique. Neste momento, não tem negociação", afirmou Andrés.

No meio-campo, o dirigente acaba com as especulações em relação ao ex-são-paulino Fábio Simplício , hoje na Roma, da Itália. "O Simplício está totalmente descartado", ressaltou, lamentando a falta de um acordo com o Fenerbahce, da Turquia, para repatriar Cristian. "O Cristian estava acertado, mas o time da Turquia não libera", contou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.