Segundo Alexandre Kalil, o Atlético-MG conta com um investidor para buscar reforços para a equipe

Bruno Cantini/Clube Atlético Mineiro
Alexandre Kalil diz que o Atlético-MG conta com R$ 12 milhões para fazer contratações
Enquanto corre contra o relógio para reforçar o time , o presidente do Atlético-MG , Alexandre Kalil , informou que o clube conta com R$ 12 milhões para fazer contratações. O dirigente revelou que o clube mineiro conta com um parceiro que está disposto a investir na equipe. No entanto, o dirigente acredita ser difícil a chegada de alguém até o fechamento da janela para entrada de jogadores que atuam fora do país, durante a semana.

Veja também: Confira a classificação atualizada do Campeonato Mineiro

Com o tempo curto para se fazer alguma negociação, o Atlético-MG deve se reforçar com jogadores do exterior somente no meio da temporada. Isso significa dizer que o elenco atual, salvo reforços oriundos de clubes brasileiros, vai terminar a disputa da Copa do Brasil e iniciar o Brasileirão.

Leia também: Cuca trata com bom humor a não chegada de reforços no Atlético

“Quero avisar a torcida do Atlético que nós temos cinco milhões de euros (R$ 12 milhões) em caixa para investir na contratação de jogadores. Eu não vou botar porcaria para dentro, mas se aparecer jogadores nós temos dinheiro para comprar”, disse Alexandre Kalil em entrevista à Rádio Itatiaia.

O dirigente, no entanto, não entrou em detalhes. Kalil não foi sobre posições e nem mesmo se já existem negociações em andamento. De acordo com o mandatário, o Atlético-MG está aberto para sugestões dos torcedores, mas já sabe bem quais posições precisa se reforçar.

“Esse negócio de ter o dinheiro não adiantar ir lá e trazer errado. Estou deixando isso claro para a torcida porque nós queremos sugestões, mas nós temos posições que queremos e eu não vou falar quais são, pois não vou desrespeitar o elenco do Atlético. Mas temos posições que queremos e vamos atrás do jogador pontual, bem gasto, até porque o investidor tem que gostar de ter investido”.

O nome desejado pelo clube nas últimas semanas era o do chileno Matías Fernández . O jogador do Sporting-POR foi descartado pelo diretor de futebol do Atlético-MG , Eduardo Maluf, nesse sábado. Sem Fernández, o clube continua a sua procura por uma meia-armador.

“O torcedor tem por base que o dirigente é um burro, a maioria é. Eu sou um burrinho. A gente pensa a mesma coisa. O torcedor quer o camisa 10, eu também quero, mas tem que achar. O torcedor tem que saber que o que ele quer, é o que a gente quer, é igualzinho”.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.