Kalil se manifestou no twitter, enquanto Maluf afirmou que protestará na CBF contra atuação do árbitro

A atuação do árbitro Edivaldo Elias da Silva deixou os dirigentes do Atlético-MG indignados no Ipatingão. Logo depois da partida, o diretor de futebol do time mineiro, Eduardo Maluf, revelou que encaminhará um protesto para o presidente da comissão de arbitragem da CBF, Sérgio Corrêa, por conta dos supostos erros cometidos na derrota diante do Vasco .

Siga o Twitter do iG Atlético-MG e receba notícias do time em tempo real

Eduardo Maluf estava muito irritado nos vestiários do Ipatingão. “Estamos na décima primeira rodada do Brasileirão, o Atlético-MG não vinha bem, e não falamos de arbitragem em nenhuma rodada ainda. Não tivemos competência nas rodadas anteriores. Mas hoje, vou avisar o Sérgio Corrêa. Um absurdo um juiz que apitou apenas um jogo no Brasileiro vir apitar um Atlético-MG x Vasco, precisando de reabilitação como estávamos”, esbravejou Maluf.

Entre para a Torcida Virtual e chame seus amigos

O dirigente atleticano reclamou da falta de critério do juiz nos cartões amarelos e das duas penalidades assinaladas por Edivaldo Elias da Silva. “Ele não tem critério para dar cartão, consentiu faltas do Vasco. Dois pênaltis que decidem um jogo de futebol. Vamos encaminhar para a CBF e colocar a responsabilidade no Sérgio Corrêa. Qualquer um que mexe com futebol sabe que ele não tem condição de apitar Série A”, afirmou.

Maluf ainda enviou um recado para o torcedor atleticano, que vê o time perto da zona de rebaixamento. “Para o torcedor,digo que ele pode ter esperança. Temos dois jogadores para voltar e vamos fazer mais contratações. Tenho certeza que teremos jogos melhores”, concluiu.

Pelo twitter, o presidente do Atlético-MG, também protestou: "Transferir responsabilidade não, mas hoje fomos assaltados", postou o mandatário atleticano.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.