Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Presidente do Atlético-MG chama São Paulo de "time da roça"

Dirigente do clube mineiro criticou retranca do rival na derrota da última quarta-feira por 1 a 0 na Arena de Sete Lagoas

Gazeta |

Após a derrota por 1 a 0 para o São Paulo , na Arena do Jacaré, o presidente do Atlético-MG , Alexandre Kalil, não perdeu a oportunidade de alfinetar o clube do Morumbi. Segundo o dirigente, sua equipe fez uma bela apresentação e só não consegui a vitória porque o São Paulo atuou de forma retrancada para segurar o resultado, como se fosse um "time da roça" .

"O que vimos foi um time que nos lembrou muito os do Campeonato Mineiro, aqueles times do interior que vêm e se fecham. Para vir jogar com o Atlético-MG aqui, tem que jogar como time da roça", declarou Kalil à Rádio Itaiaia.

O dirigente prosseguiu com a ironia. "A torcida está de parabéns por reconhecer o chocolate que o Galo deu no grande São Paulo, na Arena do Jacaré. Acho que o time do Atlético-MG vai dar muita alegria. A torcida está de parabéns".

Pensamento semelhante ao de Kalil têm os torcedores atleticanos. Assim como disse o presidente, os fãs apoiaram a equipe até o apito final do árbitro da partida e ainda aplaudiram e entoaram o grito de "Galo" em alto e bom som na Arena do Jacaré. Na próxima rodada do Brasileiro, o Atlético-MG vai tentar a reabilitação contra o Bahia, no estádio de Pituaçu.

Leia tudo sobre: Atlético-MGBrasileirão 2011São Paulo

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG