Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Presidente do Académica de Portugal é condenado à prisão

Dirigente de equipe portuguesa se aproveitava de cargo público para conseguir doações com empresários

Gazeta Esportiva |

O presidente do Académica, José Eduardo Simões, clube da primeira divisão do futebol português, foi condenado nesta quinta-feira pelo Tribunal de Coimbra a cumprir pena de quatro anos e sete meses de prisão por crime continuado de corrupção e abuso de poder.

A pena no entanto será suspensa caso ele pague multa de 30 mil euros, cerca de R$ 70 mil, para duas instituições de caridade. O clube também foi condenado a pagar 200 mil euros, cerca de R$ 470 mil ao Estado.

Ficou provado durante investigações que José Eduardo teria se aproveitado de seu cargo como diretor municipal de administração do território de Coimbra para favorecer empresários do ramo imobiliário em troca de doações ao Académica.

Leia tudo sobre: futebol mundialportugal

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG