Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Presidente defende reforços do Cruzeiro e compara com Corinthians

Para novo presidente, clube paulista foi campeão do Brasileirão com atletas pouco conhecidos na mídia

Frederico Machado, iG Belo Horizonte |

A torcida do Cruzeiro anda preocupada com os reforços já anunciados para a próxima temporada. Se jogadores de renome eram esperados, as contratações ainda são tímidas. Todavia, o presidente Gilvan de Pinho Tavares elogiou os atletas que chegam e comparou o perfil dos reforços com os jogadores do Corinthians, time que foi campeão brasileiro com atletas antes desconhecidos.

Mercado da bola: veja as transferências do futebol brasileiro

Até aqui, o Cruzeiro já contratou seis reforços para a temporada. Chegam para o clube mineiro em 2012: os zagueiros Thiago Carvalho (ex-Boa) e Mateus (ex-Portuguesa), os volantes Rudnei (ex-Ceará), Amaral (ex-América-MG) e o colombiano Diego Arias (estava no futebol grego) , e o lateral Gilson (também do América-MG).

Leia também: Gilvan está sendo chamado de louco por não vender Montillo

Gilvan de Pinho Tavares citou o Corinthians para justificar suas contratações. "Se a imprensa, que está preocupada com isso, parar para analisar o Corinthians, que foi Campeão Brasileiro, a maioria dos atletas do plantel deles foram contratados de clubes do interior e deram certo no Corinthians. Vários clubes que contrataram jogadores de fora do país, que repatriaram atletas, não deram certo", afirmou o presidente.

O ex-presidente Zezé Perrella, que deixou o cargo na última sexta-feira, elogiou a política adotada pelo sucessor. "Não tenho dado opiniões sobre as contratações. Mas no Cruzeiro sempre foi assim. Quando contratamos o Ramires (volante do Chelsea, da Inglaterra), disseram que tínhamos contratado o Saci Pererê. O Fred quando veio para o Cruzeiro não era sequer titular do América-MG. Acho que esses jogadores contratados vão provar o seu valor aqui. O Gilvan está com uma política certa. Hoje não dá para fazer loucuras", afirmou Perrella.

Gilvan não prometeu títulos em seu mandato, mas sim um Cruzeiro forte para brigar sempre entre os melhores. "Ganhar títulos é uma promessa que não temos condições de fazer, porque são vários clubes que almejam a mesma coisa, mas disputar em igualdade com os grandes, o Cruzeiro vai fazer . Um Cruzeiro com mais pegada, mais altura, mais velocidade e mais competitividade do que tivemos durante esse período", concluiu o novo presidente cruzeirense.

Entre para a torcida virtual do Cruzeiro e comente a comparação do novo presidente

Leia tudo sobre: CruzeiroCorinthiansBrasileirão 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG