Manuel da Lupa diz que meia, que pode não renovar com o São Paulo, é um ótimo jogador, mas espera aval do técnico Jorginho

A Portuguesa garantiu o título do Campeonato Brasileiro da Série B e já está com a cabeça voltada para 2012, quando disputa o Campeonato Paulista e volta à elite do nacional após três temporadas. Com mais dinheiro para investir em contratações devido ao novo patrocínio, mas ainda preocupado com a renovação do técnico Jorginho, o presidente Manuel da Lupa garantiu que a equipe já está atrás de reforços para a próxima temporada.

Confira a classificação da Série B 2011

Um dos nomes ventilados nas últimas semanas e confirmado pelo mandatário da 'Barcelusa' é o do meio-campista Rivaldo , que já atuou no clube espanhol entre 1997 e 2002, mesmo ano em que foi campeão da Copa do Mundo pela seleção brasileira . O jogador defende o São Paulo desde o início de 2011, mas está insatisfeito pela falta de oportunidades com três técnicos diferentes: Paulo César Carpegiani , Adílson Batista e Emerson Leão , e pode acabar não renovando o vínculo que vence no próximo mês de dezembro.

Leia também: Portuguesa dobra valor do patrocínio principal para 2012

Manuel da Lupa deixou claro, entretanto, que as contratações ainda dependem do aval do técnico Jorginho , que vive uma verdadeira novela em relação à renovação de seu contrato. Nesta terça-feira, o comandante da campanha do primeiro título nacional da história da Portuguesa disse que está próximo de confirmar a permanência, mas ainda depende de alguns detalhes para dar sua palavra final.

Entre esses detalhes está o investimento em estrutura e reforços, os quais o mandatário garante que virão. "O Jorginho indicou zagueiro, volante, meia de ligação e um ou dois atacantes. Alguns são da Série A e são jogadores que podemos trazer. Quanto ao Rivaldo, o considero um ótimo jogador, mas só vamos conversar com o aval do nosso técnico", disse da Lupa, ao programa Camarote FC , do canal PFC .

O trabalho do treinador também foi elogiado pelo presidente da Lusa, que vê a permanência do capitão Marco Antônio atrelada à sua permanência: "Ele é muito trabalhador e luta pelos jogadores, é realista. Conseguiu que o jogador entendesse que tem que honrar a camisa. Jorginho colocou um pessoal mais novo e que deu liga, e é assim que funciona no futebol. Se não der liga, não funciona. O elenco tem uma afinidade grande com o técnico, então o Marco Antonio disse que fica se o Jorginho continuar".

Quanto ao meio-campista Ananias, o time deve sentar e negociar com o Bahia, time que detém o passe do jogador: "O Ananias pertence ao Bahia , onde estava encostado. Jogou bem na Portuguesa e vamos conversar com o Bahia. Por nós ele fica".

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.