Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Presidente da Inter acha injusta exclusão de Sneijder da Bola de Ouro

Sneijder teve uma temporada fenomenal e ganhou tudo o que podia, para mim ele merecia ganhar, disse Moratti

Gazeta Esportiva |

Antes considerado um dos favoritos ao prêmio de melhor jogador do mundo em 2010, o meia Wesley Sneijder não apareceu entre os três indicados à Bola de Ouro. No anúncio realizado nesta segunda-feira, a entidade máxima do futebol mundial colocou três jogadores do Barcelona (Andrés Iniesta, Xavi Hernandez e Lionel Messi) entre os finalistas e preteriu o jogador holandês. Para o presidente da Inter de Milão, Massimo Moratti, a ausência do holandês não é merecida.

"Eu achei isso muito injusto, Sneijder teve uma temporada fenomenal e ganhou tudo o que podia, para mim ele merecia ganhar a Bola de Ouro. Acho que o prêmio não pode ir para um jogador que não jogou o ano todo", declarou o dirigente, se referindo a Andrés Iniesta, que sofreu com seguidas lesões musculares antes da Copa.

Moratti também falou também sobre o atual momento da Inter de Milão na Copa dos Campeões da Europa. Nesta terça-feira a equipe enfrenta o Werder Bremen, fora de casa, buscando a primeira colocação do grupo A. No final do ano, o desafio do clube será nos Emirados Árabes Unidos, na disputa do Mundial de Clubes. "Nós temos que ir bem na Copa dos Campeões e depois vamos ver o que acontece no Mundial de Clubes", pediu o dirigente.

Leia tudo sobre: fifafutebol internacionalitália

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG