Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Presidente contraria Renato Gaúcho e cobra melhora do Grêmio

Paulo Odone disse que improvisação no meio-campo mexeu de mais no time em derrota na Bolívia

iG Porto Alegre |

Renato Gaúcho justificou a improvisação de Gabriel no meio-campo pela falta de opções no elenco do Grêmio para substituir Douglas. O treinador não admitiu ter errado na derrota para o Oriente Petrolero. O presidente Paulo Odone, porém, teve avaliação diferente.

Ao definir a jornada como a pior atuação na Libertadores, o dirigente fez reparos à opção do técnico:

"O que ele (Renato) tentou fazer hoje (quinta-feira) não deu certo. Mudou demais, mexeu muito no time. Do jeito que está não conquista nada, eu já falei isso".

Odone havia criticado publicamente o time após o empate com o León também pelo torneio sul-americano. Para o presidente, a equipe precisa se recuperar, domingo, contra o Ypiranga pelo Gauchão.

Diretor de futebol, Antônio Vicente Martins também disse esperar melhora imediata do Grêmio. Porém, preferiu não avaliar publicamente os motivos para a má atuação na Bolívia:

"Vamos conversar internamente e acertar o que está errado".

Leia tudo sobre: grêmiocopa libertadores 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG