Tamanho do texto

Bruce Buck diz que invejam o relacionamento a longevidade dos treinadores do Arsenal e do Manchester United

A boa campanha do Chelsea nesta temporada do Campeonato Inglês vem agradando seu presidente, Bruce Buck. O dirigente não poupou elogios ao técnico André Villas-Boas e manifestou seu desejo de manter o comandante time pelos próximos 15 anos.

"Invejamos a longevidade de Arsene Wenger no Arsenal e de Alex Ferguson no Manchester United . Ainda assim, queremos longevidade aliada a bons resultados", disse Buck, em entrevista à BBC .

Passadas sete rodadas no nacional, o Chelsea ocupa a terceira colocação, com 16 pontos somados, três a menos que os líderes Manchester United e Manchester City .

"Villas-Boas pode ser o homem certo para o cargo de treinador para os próximos dez ou 15 anos. Todos dizem que a idade dele pode ser um fator negativo, nós pensamos o contrário", elogiou o mandatário.

O técnico, que irá completar 34 anos neste mês, foi contratado pelo Chelsea em junho deste ano para substituir Carlo Ancelotti e rapidamente já se entrosou com o restante do elenco. "Ele sabe se relacionar com os jogadores. É um homem muito organizado, que percebe o futebol", encerrou Buck.