Tamanho do texto

Atlético-MG não revela se vai pagar a multa de R$ 200 mil para contar com o volante na próxima rodada

A principal dúvida do técnico Cuca durante a semana vai ser para saber se vai ou não contar com o volante Pierre . No jogo contra o Palmeiras . Como o jogador pertence ao clube paulista e foi emprestado sem custos ao Atlético-MG , que apenas paga o salário do atleta, o clube mineiro tem de pagar uma multa de R$ 200 mil para ter seu volante titular na partida deste domingo. A decisão, no entanto, ainda não foi tomada.

Veja também: Atlético-MG deixa o Z-4 depois de sete rodadas. Veja a classificação

Procurado pelo iG , o diretor de futebol do Atlético-MG, Eduardo Maluf, não quis falar sobre o assunto. “Tratamos isso internamente, não falamos sobre o assunto”, resumiu o dirigente, que comentou apenas o prazo que o clube alvinegro tem para tomar a decisão. Como já está em contrato, o Atlético-MG não precisa comunicar ao Palmeiras se vai ou não usar o jogador.

Leia também: Para usar Pierre domingo, Atlético-MG tem de pagar ao Palmeiras

“Temos até o domingo para tomar essa decisão. Quando estiver definido, vamos comunicar”, disse Maluf, que também não comentou sobre a situação do atacante Ricardo Bueno , que pertence ao Atlético-MG e está emprestado ao Palmeiras , que se enquadra no mesmo caso de Pierre.

Siga o Twitter do iG Atlético-MG e receba notícias do time em tempo real

A situação é semelhante ao que aconteceu no primeiro turno, no duelo entre Atlético-MG e Bahia . O time tricolor usou o atacante Jóbson , que estava emprestado pelo clube alvinegro e teve de pagar uma multa de R$ 300 mil . O Bahia não fez nenhum comunicado antes da partida, somente pagou o valor que foi dividido em três parcelas .

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.