Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Preparador físico Ronaldo Torres deixa o Fluminense

Profissional recusou proposta de Peter Siemsen para ser coordenador da preparação física do clube

Marcello Pires, iG Rio de Janeiroo |

Sem técnico desde a saída de Muricy Ramalho no dia 12 março, o Fluminense vai estrear no Campeonato Brasileiro contra o São Paulo , dia 22 de maio, também sem preparador físico. Com contrato com o clube até o final do ano, Ronaldo Torres acertou sua rescisão amigável, se despediu dos jogadores e comandou seu último treino na manhã desta quinta-feira, nas Laranjeiras. Um dos principais responsáveis pela heroíca arrancada contra o rebaixamento em 2009, ele se mostrou chateado com a falta de espaço com a chegada de uma nova comissão técnica trazida por Abel Braga e recusou uma proposta do presidente Peter Siemsen.

"Vou coordenar o quê? O preparador físico que o Abel Braga vai trazer com o resto de sua comissão técnica? Eu tenho um nome a zelar e não vou ficar aqui 'roubando' o Fluminense", desabafou o ex-preparador físico do Flu.

Sem Ronaldo Torres, que era o chefe de preparação física do clube,o Fluminense segue para a semana de treinos na Granja Comary, em Teresópolis, confirmada oficialmente nesta quinta-feira pela diretoria, com os auxiliares da preparação física Jefferson Souza e Flávio Vignoli.

Photocamera
Torres se despede dos jogadores do Fluminense. Ele não quis ficar para "roubar" o clube das Laranjeiras
Desde setembro de 2009 no clube, Ronaldo Torres foi muito mais do que um simples preparador físico na sua segunda passagem pelo Fluminense (ele já havia trabalhado no clube em 2003). Após o inesperado pedido de demissão de Muricy Ramalho, o preparador físico aceitou o pedido do presidente Peter Siemsen e acumulou a função de treinador na derrota por 2 a 0 para o Boavista, pela quarta rodada Taça Rio. Depois, ele foi substituído pelo técnico interino Enderson Moreira.

Como última tarefa no clube, Ronaldo Torres terá que acalmar os jogadores, que se mostraram contariados com a saída do preparador físico: "Muitos jogadores já vieram me poderia para eu continuar e agora vou ter que conversar com um por um deles porque desse grupo jamakis vou esquecer", afirmou.

Leia tudo sobre: FluminenseRonalto Torres

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG