Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

"Precisamos nos dedicar mais", afirma atacante do Vasco

Éder Luís reconhece que falta de empenho de todo o grupo está contribuindo para a péssima fase da equipe

Hilton Mattos, iG Rio de Janeiro |

Enquanto o Vasco se articula nos bastidores para arrumar a casa, dar um bico na crise e, quem sabe, voltar a sonhar com o título carioca de 2011,  todos estão dispostos a assumir sua parcela de culpa. O atacante Éder Luís não esconde que, mesmo demonstrando empenho, os jogadores não estão fazendo a coisa certa. “O que a gente tem feito é pouco. Temos que procurar melhorar e fazer mais”, disse o atacante. “Precisamos trabalhar da melhor forma, mas se os resultados não têm aparecido, é porque precisamos nos dedicar mais”.

Foi assim que o jogador manifestou seu ponto de vista após a reapresentação dos jogadores, nesta terça-feira pela manhã, em São Januário. Ainda sem Carlos Alberto e Felipe, e com o técnico interino Gaúcho observando um trabalho físico comandado pelo fisiologista Daniel Gonçalves, o elenco vascaíno voltou aos trabalhos falando em reabilitação. Lanterna do Grupo A do Carioca e já eliminado da Taça Guanabara, o Vasco quer, pelo menos, vencer os três jogos restantes para, assim, resgatar a dignidade do seu torcedor e imprimir um novo ritmo no segundo turno.

A chegada do futuro treinador, na opinião de Éder Luís, não resolverá todo o problema. Realista, o atacante diz que os envolvidos (atletas e comissão técnica) terão de fazer a sua parte. E não apenas o comandante.

Fotocom
O atacante Eder Luis participou do treino físico desta terça-feira, em São Januário

“Lógico que o treinador que vier já deve estar observando o time, vendo carências e também a forma de nossos adversários jogarem. Espero que ele chegue e nos ajude. Mas isso não quer dizer que ela vá resolver tudo. Todo mundo aqui tem que continuar dando o melhor”, ressaltou Éder Luís.

O atacante diz ainda que o esforço na pré-temporada, em Atibaia (SP), não foi em vão. Ainda que o sucessor de PC Gusmão mexa bastante no time e mude a filosofia de jogo, o trabalho de condicionamento realizado na cidade paulista deve ser considerado. Embora o time vá mal das pernas, há praticamente um ano inteiro pela frente para se recuperar.

“Não podemos começar do zero e achar que nossa pré-temporada foi desnecessária. Isso é um trabalho para o ano inteiro. O que o nosso torcedor precisar neste momento é de paciência. Não fizemos ainda a coisa certa, mas estes três jogos restantes servirão para nos dar força e nos motivar”, afirmou Eder Luis.
 

Leia tudo sobre: VascoCampeonato Carioca 2011Eder Luis

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG