Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Poupado pela diretoria, Adriano tem agora a missão de dobrar Tite

Treinador estava animado com atacante, mas novo vacilo o coloca atrás de concorrentes

Bruno Winckler, iG São Paulo |

AE
Adriano precisa "reconquistar" Tite

O desempenho de Adriano na pré-temporada do Corinthians havia convencido Tite de que chegava a hora de ele confiar no atacante como peça importante do elenco. Porém, na véspera do primeiro jogo em que o “Imperador” seria titular do time, uma falta ao treino que definiu a equipe para o amistoso contra a Portuguesa jogou Adriano para o “fim da fila”.

Leia também: Com ataque recheado, Corinthians amplia concorrência de Adriano

“Ele vai precisar se recuperar. Se reconduzir”, disse Tite ainda no Pacaembu, quando teve de escalar Elton, no primeiro tempo, e Bill, no segundo, como centroavantes. O semblante pessimista estava nítido no rosto de Tite quando comentava sobre a mais recente pisada na bola de Adriano.

E mais: Diretoria aceita desculpas, mas multa Adriano em 20% do seu salário

Nos 10 dias entre 4 e 14 de janeiro, tempo em que Adriano ficou concentrado no CT com seus companheiros, tanto Tite como seus colegas da comissão técnica haviam observado que se Adriano não voltou mais “fino” em relação aos últimos jogos de 2011, ao menos ele estava igual. Tite chegou a declarar que estava satisfeito com o comprometimento do atleta. O otimismo mudou na terça-feira.

Veja ainda: Com rendimento fraco, Adriano promete que vai melhorar

O “Imperador” teve reunião com diretores na quinta-feira e foi desculpado pela última ausência , a terceira divulgada pelo clube em 10 meses desde sua chegada. Adriano ouviu que a paciência da cúpula com seus erros estava no limite e ele prometeu que não voltaria a decepcioná-los. O discurso convenceu os diretores, mas para convencer Tite ele precisará se esforçar mais.

Na quinta-feira, após o treinamento tático com todos os atletas, Adriano ficou no campo para realizar um trabalho de finalização. Tite, à beira do campo, o observou. Ficou ali até Adriano deixar o gramado. Ele foi o último a sair. O treinador passou por ele depois da atividade, mas não parou para conversar ali no campo. Depois, sem o treinador, Adriano encontrou-se com os diretores.

Por causa das incertezas que cercam Adriano no Corinthians, o clube fortaleceu as opções de ataque para Tite escolher. Como centroavante, Liedson é titular absoluto, mas será poupado em alguns jogos do Campeonato Paulista. Para revezar na função, o clube trouxe Elton e não renovou o empréstimo de Bill no Coritiba. Há ainda Emerson, Willian, Jorge Henrique e Gilsinho, que são mais velozes e têm características diferentes de Adriano.

Entre para a torcida virtual do Corinthians e dê sua opinião sobre a situação de Adriano

Leia tudo sobre: corinthiansadrianopaulistão 2012

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG