Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Portuguesa toma susto, mas goleia o Barueri e amplia vantagem

Líder da Série B mostrou poder de reação, fez golaços e ficou ainda mais isolada na ponta da tabela

Gazeta |

Aos 18 minutos de jogo, um chute de longa distância de Alex Maranhão parecia sentenciar a volta da irregularidade da Portuguesa na Série B do Campeonato Brasileiro. Mas o gol do Grêmio Barueri foi só o primeiro da noite no Canindé. Ao virar e vencer por 4 a 2, a líder mais uma vez mostrou que merece ser chamada de "Barcelusa", ficando ainda mais sozinha na ponta da tabela.

Veja como ficou a classificação da Série B

Com 43 pontos, os comandados de Jorginho voltam a ficar a três de seu seguidor mais próximo - a Ponte Preta reassumiu o segundo lugar - e estão cada vez mais próximos da confirmação do retorno à primeira divisão nacional. Pior para o instável Grêmio Barueri, mais próximo da zona de rebaixamento do que da faixa de acesso.

O time de Barueri, que depois da partida ficou sem técnico porque Estevam Soares aceitou proposta do Ceará, até parecia dar um presente na despedida do treinador com o gol de Alex Maranhão. Ainda no primeiro tempo, porém, Marco Antônio, os 32, Edno, aos 35, e Ananias, aos 41 minutos do primeiro tempo, colocaram os mandantes em vantagem. Aos 15 do segundo tempo, Ferdinando ampliou e Willian Henrique, aos 32, do Grêmio Barueri, fechou o placar.

No sábado, a Portuguesa tem a oportunidade de se manter em fase ascendente, mas como visitante, diante do Guarani, às 16h20 (de Brasília). Na sexta-feira, às 20h30, sem Estevam Soares, o Grêmio Barueri recebe a Ponte Preta na Arena.

AE
Portuguesa faz a festa com goleada no Canindé

O jogo
Embora bem abaixo da tabela, o Grêmio Barueri iniciou a partida dando mais trabalho do que os anfitriões esperavam. A Portuguesa teve dificuldades para impedir a descida rápida e a tabela em velocidade do adversário, quase sempre em direção a Val Baiano. E o centroavante não servia só para chutar, tanto que, aos dez minutos, ajeitou para Marcelinho chutar com perigo.

MiGCompLinks_C:undefinedComo uma solução de emergência, a equipe da casa conseguiu bloquear a entrada de sua área, mas deu espaço para Alex Maranhão tentar de fora da área. Em um desses arremates, aos 18 minutos do primeiro tempo, o jogador do Grêmio Barueri acertou finalização nas redes de Weverton para abrir o placar.

O gol adversário acabou servindo para a Portuguesa respirar e se lembrar por que, desde a metade do primeiro turno, virou a equipe a ser batida na Série B. Passou a tocar a bola e buscar as jogadas pelas laterais, principalmente com Luis Ricardo. Não demorou a encurralar o seu rival no campo de defesa.

A virada parecia tempo, que foi curto. Logo aos 32, Marco Antonio apareceu mais próximo da área para empatar e, três minutos mais tarde, foi a vez de Edno fazer um golaço arriscando da intermediária no ângulo direito do goleiro do Barueri. Para sentenciar a superioridade, a troca de passes que caracteriza a Lusa terminou em chute de Ananias, livre no pé da trave, nas redes adversárias, aos 43.

A Portuguesa já tinha recuperado seu nível e o clube de Barueri não sabia como anulá-lo, nem tinha forças para chegar à frente como antes. Em jogadas pelas laterais, Ananias e Marcelo Cordeiro quase marcaram o quarto gol que veio após bobeira da zaga do Grêmio Barueri que Ferdinando aproveitou para ampliar aos 15 minutos do segundo tempo.

Desorganizados, os visitantes no Canindé até chegaram a mostrar vontade, mas não foram além de um gol de Willian Henrique, aos 33 minutos do segundo tempo, depois de bola rebatida dentro da Portuguesa. Lance de sorte diante de um time que sobra na Série B do Brasileirão.

FICHA TÉCNICA
PORTUGUESA 4 X 2 GRÊMIO BARUERI

Local: estádio do Canindé, em São Paulo (SP)
Data: 13 de setembro de 2011, terça-feira
Horário: 20h30 (de Brasília)
Árbitro: Rodrigo Ferreira do Amaral (SP)
Assistentes: Celso Barbosa de Oliveira e Marco de Andrade Motta Junior (ambos de SP)
Cartões amarelos: Alex Maranhão, Alex Lima e Alê (Grêmio Barueri)

Gols:
PORTUGUESA: Marco Antônio, aos 32, Edno, aos 35, e Ananias, aos 41 minutos do primeiro tempo; Ferdinando, aos 15 minutos do segundo tempo
GRÊMIO BARUERI: Alex Maranhão, aos 18 minutos do primeiro tempo; Willian Henrique, aos 32 minutos do segundo tempo

PORTUGUESA: Weverton; Luis Ricardo, Rogério, Mateus e Marcelo Cordeiro; Ferdinando, Boquita, Marco Antônio (Renato Chaves) e Henrique; Ananias (Ivo) e Edno (Cleiton)
Técnico: Jorginho

GRÊMIO BARUERI: Juninho; Daniel Marques, Diego Giaretta e Alex Lima (Danilo Sacramento); Marcos Pimentel, Alê, Audálio, Alex Maranhão e Zé Carlos (Rodrigo Arroz); Marcelinho e Val Baiano (Willian Henrique)
Técnico: Estevam Soares

Leia tudo sobre: série b 2011portuguesabarueri

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG