Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Portuguesa perde no Canindé para o Noroeste e fica longe da vaga

Passagem às quartas de final ficou comprometida após derrota para o time de Bauru, que respira

AE |

A Portuguesa viu sua classificação para as quartas de final do Campeonato Paulista ficar mais distante neste sábado. Em uma partida para ser apagada da memória do torcedor lusitano, o clube paulistano perdeu para o Noroeste, por 2 a 0, em pleno Canindé, pela 17.ª rodada do torneio estadual.

O resultado encerra uma invencibilidade de quatro jogos da Portuguesa, após duas vitórias e dois empates. Hoje, o time do Canindé soma 22 pontos e agora precisará vencer seus próximos dois jogos, contra o Paulista, em Jundiaí, e São Bernardo, no ABC, além de torcer por uma combinação de resultados para se classificar.

Por outro lado, o Noroeste respira aliviado na luta contra o rebaixamento, mas continua em situação bastante complicada. O time de Bauru chegou aos 17 pontos, mas ainda terá de ganhar seus dois últimos jogos, contra São Paulo (em casa) e Ituano (fora), para não depender de ninguém.

A Portuguesa teve domínio do primeiro tempo. Foram quase 60% de posse de bola. O problema é que o time comandando pelo técnico Jorginho sentiu grandes dificuldades para furar a forte retranca montada pelo Noroeste. Tanto que a única chance clara de gol da Lusa aconteceu aos 19 minutos, quando o lateral Marcelo Cordeiro, sem goleiro, acertou a trave.

Para piorar, o clube de Bauru mostrou-se eficiente. Em uma das poucas oportunidades em que subiu ao ataque, balançou as redes. Aos 34 minutos, após receber belo passe do atacante Vandinho, o meia Diego invadiu a área e bateu na saída do goleiro Wéverton.

Depois do gol, a Portuguesa se perdeu em campo. O time sentiu a pressão das arquibancadas, onde a torcida criticava jogadores, comissão técnica e, principalmente, o presidente Manuel da Lupa. Com o cenário todo a favor, o Noroeste segurou-se na defesa e ainda conseguiu ampliar, aos 37 minutos. O lateral Gustavo levantou da esquerda e o atacante Aleílson, livre, cabeceou para as redes.

No próximo sábado, às 18h30, a Portuguesa volta a campo para enfrentar o Paulista, no Estádio Jayme Cintra, em Jundiaí. Enquanto isso, o Noroeste terá a dura missão de receber o São Paulo, no domingo, às 16 horas, no Estádio Alfredo de Castilho, em Bauru.

FICHA TÉCNICA: PORTUGUESA 0 x 2 NOROESTE
Local: Estádio do Canindé, em São Paulo (SP)
Data: 2 de abril de 2011, sábado
Hora: 16h
Árbitro: Salvio Spinola Fagundes Filho.

Gols: Diego, aos 34 minutos do primeiro tempo. Aleílson, aos 37 do segundo.

Cartões amarelos: Maurício, Rafael Silva, Tiago Ulisses, Da Silva, França, Gustavo e André Luís.

Portuguesa: Weverton; Paulo Sérgio (Rafael Silva), Maurício (Ronaldo), Preto Costa e Marcelo Cordeiro; Ferdinando, Guilherme, Fabrício e Ivo; Luís Ricardo e Kempes. Técnico: Jorginho.

Noroeste: André Luis; Halisson, Da Silva, e Cris; Márcio Gabriel, França (Hernani), Tiago Ulisses, Diego (Aleílson) e Gustavo; Vandinho e Otacílio Neto (Thiago Marin). Técnico: Jorge Saran.

Leia tudo sobre: portuguesanoroestecampeonato paulista 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG