Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Portuguesa estraga noite corintiana de homenagens a Sócrates

No último teste antes da estreia no Campeonato Paulista, Lusa venceu por 1 a 0 no Pacaembu

Bruno Winckler, iG São Paulo |

AE
Kátia Bagnarelli, viúva de Sócrates, recebeu homenagem ao 'Doutor'
Em meio a protestos contra Adriano e homenagens a Sócrates, a Portuguesa estragou a noite corintiana e venceu por 1 a 0 o último teste das duas equipes antes da estreia no Campeonato Paulista, sábado. O Corinthians encara o Mirassol, também no Pacaembu e a Lusa pega o Paulista no Canindé. Rafael Oliveira marcou o único gol do jogo, no segundo tempo, quando apenas reservas das duas equipes estavam em campo.

Impacientes, corintianos hostilizam Adriano

Como ocorrera contra o Flamengo, domingo, os reservas do Corinthians caíram de produção e não conseguiram marcar nenhum gol. Desta vez, diferente do último jogo, os titulares não conseguiram abrir vantagem e um gol solitário coroou a atual campeã da Série B. Com a vitória, a Portuguesa ficou com o "Troféu Sócrates", desenhado exclusivamente para este amistoso. Os torcedores da equipe do Canindé gritaram "É, campeão" na casa corintiana.

O jogo
Tite mudou a formação em relação ao time que empatara em 2 a 2 com o Flamengo, domingo, em Londrina. Ele poupou Liedson e Alex para evitar lesões musculares e optou por começar a partida com três atacantes: Willian, Emerson e Elton. Danilo, na vaga de Alex, teve a missão de organizar o time.

E diferente do que foi visto no primeiro tempo do jogo contra o Flamengo, o Corinthians não conseguiu ser superior ao adversário. Com sua base campeã da Série B, a Portuguesa levou perigo nas jogadas de velocidade. Edno, velho conhecido da torcida corintiana, e Boquita, outro atleta emprestado pelo clube do Parque São Jorge, o time do Canindé criou as principais oportunidades de gol do primeiro tempo.

AE
Jogadores da Portuguesa comemoram gol de Rafael Oliveira que garantiu a vitória da campeã da Série B sobre o campeão do Brasileirão

Danilo não conseguiu criar e Elton não desempenhou o papel de matador que o torcedor corintiano acostumou-se a ver em Liedson. O ex-vascaíno valorizou a atuação e prometeu melhorar a medida que se entrosar com seus novos companheiros. "Foi só o primeiro jogo, estou me adaptando, e depois dessa pré-temporada, com mais treinos e jogos, o entrosamento vai vir naturalmente", disse o atacante que foi titular porque Adriano foi vetado na véspera da partida.

Na volta do intervalo, com 22 substituições, os dois recomeçaram o jogo com o freio de mão puxado e pelos primeiros 20 minutos da segunda etapa nem Corinthians, nem Portuguesa protagonizaram boas jogadas. A primeira boa jogada dos "reservas" foi tramada por Jorge Henrique e Ramon, aos 23 minutos. O lateral esquerdo acertou um chute forte da entrada da área, mas sem direção.

Gazeta Press
O atacante Emerson lutou muito, mas o Corinthians não conseguiu tirar o zero do placar

A Portuguesa se acendeu logo depois e aos 29, após boa jogada de Bruninho dentro da área, a bola sobrou para Rafael Oliveira na pequena área. O recém contratado da Lusa não teve dificuldade para abrir o placar.

O gol serviu para animar o Corinthians, que teve no estreante Vitor Junior seu melhor jogador. O meia acertou a trave no primeiro ataque depois do gol sofrido num belo chute de fora da área. Minutos depois, o jogador assustou Calaça mais uma vez com um chute rente à trave. No ataque corintiano, Bill não conseguiu acompanhar a boa atuação de seus parceiros de frente e o jogo terminou assim, com vitória da Portuguesa.

FICHA TÉCNICA – CORINTHIANS 0 x 1 PORTUGUESA
Local:
Estádio do Pacaembu
Data: 18 de janeiro de 2012, quarta-feira
Horário: 21h
Árbitro: Marcelo Rogério (SP)
Público: 9870 pagantes
Renda: R$ 266.220,00
Cartões Amarelos: Julio Cesar, Ramon (COR);Rogério (POR)
Gol: Rafael Oliveira, aos 29 minutos do 2º tempo

Corinthians: Julio Cesar (Danilo Fernandes); Alessandro (Welder), Paulo André (Chicão), Leandro Castán (Wallace) e Fábio Santos (Ramon); Ralf (Edenílson), Paulinho (Ramírez) e Danilo (Vitor Junior); Willian (Gilsinho), Emerson (Jorge Henrique) e Élton (Bill). Técnico: Tite.

Portuguesa: Wéverton (Calaça); Luís Ricardo (Ivan), Leandro Silva (Gustavo), Renato (Diego) e Marcelo Cordeiro (Rogério); Boquita (Raí), Léo Silva (Bruninho), Henrique(Maílson) e Edno (Jean Mota); Vandinho (Rafael Oliveira) e Rodriguinho (Wilson Junior). Técnico: Jorginho
 

Leia tudo sobre: corinthiansportuguesaamistoso

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG