Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Portuguesa derruba o ASA-AL e dá mais um passo rumo ao acesso

Henrique e Rogério decidiram o jogo para a líder da Série B, que está invicta há dez jogos

Gazeta |

O goleiro Gilson fez de tudo para impedir, mas a líder Portuguesa conseguiu derrubar a "muralha" do ASA-AL no segundo tempo e, com gols de Henrique e Rogério, venceu por 2 a 0 no Canindé, na noite desta terça.

Com o resultado, a Portuguesa completa dez jogos de invencibilidade na Série B e chega aos 57 pontos, cinco a mais que a Ponte Preta, que segue em segundo. Já os alagoanos, que vinham de quatro jogos sem derrota, têm 37 pontos e seguem na faixa intermediária.

Na próxima rodada, a 29ª da Segundona, a Portuguesa jogará fora de casa contra o Salgueiro. O ASA-AL também atuará longe dos seus domínios, contra o Paraná.

AE
Henrique comemora o primeiro gol da Portuguesa

O jogo
O primeiro tempo foi marcado por um duelo particular entre o atacante Ananias, da Portuguesa, e o goleiro Gilson, do ASA. Como bom mandante, o time do Canindé adotou postura ofensiva e, quase sempre pelo lado direito, criou diversos lances de perigo.

MiGCompLinks_C:undefinedO embate começou aos 13 minutos, quando Henrique cruzou da direita para Ananias cabecear e exigir linda defesa do arqueiro rival. Aos 22, quase um replay: cruzamento da direita, nova cabeçada de Ananias e outra defesa importante de Gilson.

Destaque da Portuguesa, Ananias não se deu por satisfeito com as jogadas aéreas. Saiu para buscar jogo e, aos 25 minutos, levou perigo após receber de Edno em uma das poucas subidas rubro-verdes pela esquerda. Com 40, Ananias arriscou-se como garçom, mas viu Henrique parar em mais uma ótima intervenção de Gilson.

A muralha alvinegra parecia sólida, mas não durou muito mais que dois minutos na etapa complementar. Em outra investida pela direita, Luís Ricardo deu ótimo passe para Henrique tocar na saída do goleiro, que dessa vez não teve como reagir.

O gol não fez bem à Portuguesa. Se antes dominava o jogo, a equipe passou a correr riscos depois que ficou em vantagem. Aos seis minutos, por exemplo, o lateral Matuto cruzou na área para Toninho, que cabeceou e exigiu boa defesa de Weverton. Aos 17, Matuto levantou mais uma e Reinaldo Alagoano, em nova jogada pelo alto, testou para fora.

O sufoco acabaria aos 27 minutos. Marco Antonio cobrou falta da esquerda, a bola desviou na zaga e sobrou para Rogério completar sozinho na pequena área. Os jogadores do ASA reclamaram de impedimento, mas sem razão.

O segundo gol dos anfitriões esfriou o time alagoano. Ao contrário do que aconteceu após a abertura do placar, a equipe alvinegra pouco se aventurou no ataque e sequer teve oportunidades para diminuir a desvantagem. Enquanto isso, a torcida da Portuguesa festejava e aplaudia os jogadores substituídos, principalmente o capitão Marco Antonio, que deu lugar a Cleiton aos 34 minutos.

FICHA TÉCNICA
PORTUGUESA 2 x 0 ASA-AL

Local: Estádio do Canindé, em São Paulo (SP)
Data: 4 de outubro de 2011
Horário: 20h30 (Brasília)
Árbitro: Manoel Lopo Garrido (BA)
Auxiliares: Adailton José de Jesus Silva (BA) e José Dias da Hora (BA)
Cartões Amarelos: Marco Antonio e Ivo (Portuguesa); Reinaldo Alagoano e Toninho (ASA-AL)

Gols:
PORTUGUESA: Henrique, aos dois, e Rogério, aos 26 minutos do segundo tempo.

PORTUGUESA: Weverton; Luís Ricardo, Rogério, Mateus e Marcelo Cordeiro; Guilherme (Renato Chaves), Boquita, Henrique (Ivo) e Marco Antônio (Cleyton); Ananias e Edno
Técnico: Jorginho

ASA-AL: Gilson; André Nunes, Toninho e Fábio; Gilberto Matuto, Jorginho, Cal, Chiquinho Baiano, Gustavo (Fábio Neves) e Cal; Reinaldo Alagoano (Vitinha) e Alexsandro
Técnico: Vica

Leia tudo sobre: PortuguesaASA-alsérie b 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG