Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Portuguesa alcança virada, mas cede empate ao Grêmio Prudente

Fora de casa, time do Canindé perdia por 2 a 1 e chegou a virar, mas placar terminou em 3 a 3 no Paulista

Gazeta |

A Portuguesa terminou a sétima rodada do Paulistão na zona de classificação para as quartas de final, mas poderia abrir vantagem se não vacilasse nos últimos minutos do confronto desta quarta-feira contra o Grêmio Prudente. Fora de casa, o time do Canindé perdia por 2 a 1 e chegou a virar, mas o placar terminou em 3 a 3.

A conquista de apenas um ponto em Presidente Prudente pode ser lamentada porque ocorreu diante do pior colocado da competição, que alcançou somente o seu segundo ponto no torneio. A Lusa, por sua vez, permanece entre os oito primeiros colocados, com dez pontos.

Os seis gols da partida demonstram os problemas das duas equipes na defesa. E a primeira a falhar foi a agremiação da capital paulista, aos seis minutos de jogo. O goleiro Weverton até conseguiu defender chute de Rhayner, que entrou livre na área, mas Saldanha marcou o gol no rebote.

Aos 18 minutos do primeiro tempo, Luis Ricardo aproveitou vacilo da retaguarda adversária para, sem marcação, cabecear para as redes e empatar. Mas, já na etapa final, outro apagão atingiu a Lusa, que permitiu o segundo gol de Saldanha, aos 26 minutos.

Foi então que a estrela do técnico Sérgio Guedes apareceu. O atacante Kempes, que havia entrado pouco antes do desempate do Grêmio Prudente, bateu na saída do goleiro Márcio para igualar o placar aos 31 minutos. Segundos depois, Tatá entrou e, sem marcação, próximo à pequena área, bateu por baixo de Márcio para virar aos 34 minutos do segundo tempo.

Os três pontos que pareciam ter endereço certo no Canindé, no entanto, se transformaram em somente um devido à última falha decisiva de um defensor na partida. O zagueiro Domingos não percebeu que Jandson, aos 41 minutos do segundo tempo, subiu livre após cruzamento de Saldanha para deixar tudo igual em Presidente Prudente.

O mesmo resultado ocorreu em Campinas, mas com menos gols. Sem vencer no Moisés Lucarelli desde 12 de outubro, a Ponte Preta manteve o incômodo tabu dentro de casa ao empatar por 1 a 1 com o Linense na noite desta quarta-feira, permanecendo fora da faixa que dá vaga na próxima fase do Estadual.

O início do confronto parecia promissor para a Macaca, que começou vencendo com gol de Renatinho aos 13 minutos do primeiro tempo. Porém, oito minutos mais tarde, o artilheiro Fausto apareceu para finalizar o placar antes mesmo do intervalo. Um ponto também pouco útil ao Linense, que continua na zona de rebaixamento.

Leia tudo sobre: portuguesaprudentecampeonato paulista 2011kempes

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG